circulando na vila

Bem vindo a este espaço, que se propõe divulgar as principais notícias do Vila Nova e região. Participe, com sugestões, ideias, fotografias...

segunda-feira, 17 de julho de 2017

Por que reciclamos tão pouco?

O brasileiro recicla pouco. Em Joinville, menos de 6% de todo o lixo produzido é reciclado. E a cidade é considerada uma das que mais produtivas neste setor. Mas por que se reaproveita tão pouco do lixo?

Se considerarmos os últimos 50 anos, vamos verificar que a escalada de produtos descartáveis aumenta assustadoramente. Na década de 70, por exemplo, pouco se ouvia falar em sacolas de plástico, garrafas pet, embalagens descartáveis.

Um pouco antes disso, década de 60, nem serviço de coleta de lixo havia na cidade. Cada família dava conta do seu  lixo, que de descartável tinha bem pouco. Papel tinha destinação variada, podia acender a fogueira ou acabar na casinha...

Embalagens em formato de lata (azeites, nescau, leite, etc), logo paravam nas mãos de crianças que as transformavam em brinquedos variados. Garrafas de refrigerantes e cervejas eram retornáveis.

Hoje quase tudo é descartável, mas as pessoas se acomodaram com a facilidade de lançar tudo nos pacotes de lixo para que a concessionária carregue. Praticamente todo o lixo é reaproveitável. Se não para reciclar, mas para reaproveitar na produção de adubo orgânico.


Muitas famílias sobrevivem em Joinville às custas do recolhimento e reciclagem de materiais. Nossa contribuição para ajudar não só estas pessoas, mas o meio ambiente, é que tenhamos o cuidado e capricho de separar o lixo para que possa ser reaproveitado.

Nenhum comentário: