circulando na vila

Bem vindo a este espaço, que se propõe divulgar as principais notícias do Vila Nova e região. Participe, com sugestões, ideias, fotografias...

quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Abertas inscrições para processo seletivo de alunos para Escola Agrícola

Estão abertas até sexta-feira (2 de outubro) as inscrições ao processo seletivo para preenchimento das vagas do curso de ensino fundamental (6º ao 9º ano) com pré-qualificação em Agropecuária da Escola Agrícola Carlos Heins Funke, no Distrito de Pirabeiraba, em Joinville. São oferecidas 90 vagas para o 6º ano, com ingresso em 2016, em período integral. 

As inscrições devem ser realizadas exclusivamente na Escola Agrícola, na rodovia SC-418 (antiga SC-301), km 0,5, das 8 às 11 horas e das 12h30 às 15 horas. Não há taxa de inscrição. O edital com todas as informações sobre o processo seletivo está disponível no endereço eletrônico http://carloshfunke.blogspot.com e no mural da escola. Podem participar candidatos que estejam concluindo este ano o 5º ano do ensino fundamental. 

A lista dos inscritos será divulgada em 9 de outubro. Eles passarão, no período de 15 a 21 de outubro, por avaliação prática (atividades práticas do cotidiano da escola), circuito prático (dinâmicas realizadas em diferentes unidades didáticas com atividades orientadas) e entrevista. O resultado final sairá no dia 4 de novembro. O candidato classificado deverá matricular-se nos dias 5 e 6 de novembro, das 8 às 11 horas e das 12h30 às 15 horas.

A unidade, administrada pela Secretaria Municipal de Educação, é única escola agrícola de ensino fundamental da região. São ministradas as disciplinas obrigatórias da Base Comum: Língua Portuguesa, Matemática, Ciências, Língua Estrangeira (Alemão e Inglês), Geografia, História, Educação Física, Ensino Religioso e Artes. Na Base Técnica: Práticas de Gerenciamento Agrícola, Práticas Agrícolas, Práticas Zootécnicas e Práticas Industriais. O corpo docente é formado por 21 professores.

Nas unidades didáticas os alunos aprendem a prática da vida no campo. As unidades contemplam oficinas de floricultura, fruticultura, culturas anuais (batata e milho), horta, viveiros de mudas, bovinocultura, caprinocultura, ovinocultura, cunicultura (coelhos), coturnicultura (codornas), piscicultura, aviário de corte e de postura, suinocultura, aves exóticas e anacultura (criação de marrecos).

A estrutura da escola ainda oferece uma cozinha experimental, laboratório de ciências e salas ambientes, preparadas para cada disciplina curricular onde quem se desloca é o aluno e não o professor. Durante a jornada os alunos recebem as refeições no local (almoços e lanches).

Ao final dos quatro anos, o aluno recebe o certificado em nível de ensino fundamental com pré-qualificação em Agropecuária, para que o jovem possa na sua propriedade rural, de acordo com os conceitos do desenvolvimento sustentável e despertando o interesse pela permanência no campo.

A escola iniciou as atividades 1990 para atender a demanda de ensino agrícola para a região de Joinville. Por conta de seu perfil, tem a parceria da Fundação 25 de Julho, da Empresa de Pesquisa e Extensão Agropecuária Rural de Santa Catarina (Epagri), da Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc) e da Fundação Nacional do Índio (Funai).

Fonte: Prefeitura de Joinville. Foto: Rogerio da Silva

Nenhum comentário: