circulando na vila

Bem vindo a este espaço, que se propõe divulgar as principais notícias do Vila Nova e região. Participe, com sugestões, ideias, fotografias...

terça-feira, 13 de agosto de 2013

Vigilância Ambiental detecta infestação de escorpiões

O aparecimento de escorpiões em alguns pontos da região central de Joinville está mobilizando a Vigilância Ambiental da Secretaria Municipal da Saúde de Joinville. Alguns exemplares já foram capturados, e a procura por mais animais peçonhentos continua com a verificação e limpeza dos locais. Também há relatos de presença de escorpiões no bairro Espinheiros, região que já está recebendo a atenção dos fiscais da Vigilância Ambiental.

As espécies encontradas em Joinville não são nativas da região. São mais comuns nas regiões Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste do Brasil, mas conseguem se adaptar facilmente a outras regiões, o que contribui para sua sobrevivência e proliferação.

Estas espécies chegam a Joinville de carona em transportadoras que circulam pelas regiões endêmicas. Por isso, a Secretaria da Saúde está enviando um ofício aos centros de distribuição de produtos localizados em Joinville com orientações e cuidados com o manuseio de material, limpeza dos locais e para notificação em caso de encontrarem algum escorpião. Os fiscais sanitaristas também estão dando orientações durante suas visitas a estabelecimentos que recebem produtos de outros estados, como verdureiras e fruteiras.

Até o momento um único acidente com escorpião foi registrado em Joinville, no bairro Floresta. A vítima estava fazendo o descarregamento de produtos vindos de Minas Gerais quando foi picada. O paciente foi encaminhado ao Hospital Municipal São José, onde recebeu soro antiescorpiônico. As Vigilâncias Epidemiológica e Ambiental fizeram uma investigação na região, mas nenhum outro exemplar foi encontrado, afastando a hipótese de mais escorpiões e proliferação do animal em outros pontos onde houve a descarga do mesmo caminhão.

Os escorpiões se escondem em pilhas de telhas, madeira e tijolos, entulhos e terrenos baldios. Alimentam-se de insetos, principalmente baratas, por isso a importância de manter os terrenos limpos. Em serviços de jardinagem, é indispensável o uso de luvas e botas.
O escorpião só ataca ao ser encostado, é o modo de defesa dele. Ao ser atacada, a pessoa deve se dirigir a uma unidade de saúde, que avaliará o caso e encaminhará a uma unidade de referência, que em Joinville são os hospitais São José, Regional e Materno Infantil. Se for possível e seguro, o escorpião deve ser levado para ajudar na identificação da espécie.

O caso considerado leve, apenas com dor local, será tratado com analgésico. Se for considerado moderado, o paciente será submetido a soro antiescorpiônico, disponível na rede pública de saúde gratuitamente.

A Vigilância Ambiental pede a ajuda dos moradores caso avistem um escorpião. É só ligar para os números 3432-2337 e 3433-1660.  Fonte: Prefeitura de Joinville.

Nenhum comentário: