circulando na vila

Bem vindo a este espaço, que se propõe divulgar as principais notícias do Vila Nova e região. Participe, com sugestões, ideias, fotografias...

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Cavin elege nova diretoria para 2017 - 2019

Vereador Adilson Girardi parabeniza nova diretoria
O Conselho das Associações do Vila Nova (CAVIN) elegeu nesta quinta-feira (21) a nova diretoria para o biênio 2017 - 2019. Apenas uma chapa se inscreveu para concorrer. A presidência ficou com Júlio Savadil, que é delegado indicado pela Associação de Moradores Amigos do Irineu. O atual presidente, Elpídio Zimmermann, ficou com a vice-presidência. 

Compõem ainda a diretoria os seguintes representantes: Susana Staats (Associação Vila Nova); Marcos Trapp (Associação Estrada do Sul e Blumenau); Ivo Juttel (Associação Estrada dos Morros); Imar Melo (Escola Valentim João da Rocha); Delorme Trapp (Associação Alto da Rua XV); Marcelo Müller (Associação Alto da Rua XV); Beto Amaral (Instituto Rio dos Peixes) e Eliane da Silva (Associação Vila Nova). 

A posse da nova diretoria está marcada para o dia 17 de outubro, às 20 horas, na sala de reuniões do Sesc Comunidade. 

Foto: Fernando Constantino

Circulando na Vila

Regularização de imóveis rurais

Após a implantação do Lar Legal, legislação que visa regularizar os imóveis na região urbana, agora o governo federal autoriza também os processos para legalizar imóveis na região rural, em todo território nacional. A lei 13.465, de 11 de junho de 2017, permite que os moradores de regiões rurais que não tenham o registro do imóvel possam fazê-lo. Para se adequar à lei, o parcelamento precisa tem alguns índices urbanísticos, como tratamento de esgoto através de fossa séptica. Os processos envolvem ainda o levantamento topográfico, socioeconômico e de engenharia. Os trabalhos para regularização são de competência da Prefeitura, mas também é possível adiantar as ações com a contratação de empresa de engenharia. 

Pavimentação

Neste ano, até o mês de setembro, foram pavimentadas 10 ruas no bairro Vila Nova. Todas as ações são realizadas em parceria entre a Prefeitura e os moradores. A Subprefeitura da Região Oeste realiza os trabalhos de organização da adesão, sondagem, drenagem, preparação das esperas de bocas-de-lobo, alinhamento da via e na solução de conflitos. O morador paga o material para o pavimento e a mão-de-obra. A previsão da subprefeitura é de concluir pelo menos mais seis ruas até o final do ano.

Mudança na Amarxv

Em agosto, os moradores da região de abrangência da Associação de Moradores do Alto da Rua XV designaram a nova diretoria da entidade. Depois de um período de muito trabalho e realizações, o presidente Gevi Pacher passou o comando para a professora Delorme Trapp. Na próxima assembleia, na última segunda-feira do mês, na escola Bernardo Tank, devem também ser anunciados outros integrantes da nova diretoria. 

Rua Hermínia Penski

Moradores da rua Hermínia Penski decidiram fechar novamente a passagem da via para o binário. O motivo é a demora da Prefeitura em realizar as obras de pavimentação da rua. O edital para o asfaltamento foi publicado e o contrato com a empresa já foi assinado, mas ainda falta o Município assinar a ordem de serviço. Para a execução da obra, a Subprefeitura do Vila Nova depende da liberação do material para a base e subbase. A previsão da Prefeitura para entregar o material, segundo a Unidade de Pavimentação, é para novembro deste ano. 

Loteamento não aprovado

A passagem entre a rua Hermínia Penski e a rua São Firmino, no binário, ainda não é rua oficial, apesar de aberta e pavimentada, pois o loteamento onde está inserido o trecho ainda está em fase de aprovação. Por isso não há possibilidade da Prefeitura garantir a rua aberta. 

Recape na Paulo Schneider

Na rua Paulo Schneider, que vai receber nova camada de asfalto, os moradores também estão preocupados com a demora do início da obra. O recapeamento faz parte do pacote de obras financiadas pelo Badesc, onde serão beneficiadas 48 ruas em Joinville. No bairro Vila Nova duas ruas foram escolhidas: a Bento Torquato da Rocha, já concluída; e a Paulo Schneider, que deve ter início ainda neste ano. 

Distrito

Foi protocolado em agosto o projeto de Decreto Legislativo para autorizar a realização de plebiscito em Joinville para saber se a população concorda com a criação do Distrito do Vila Nova. A proposta é de iniciativa do vereador Adilson Girardi, que contou o apoio de mais seis vereadores (Pelé, Maurício Peixer, Jaime Evaristo, Fábio Dalonso, Richard Harisson e Tânia Larson) que assinaram o projeto. Caso seja aprovado, o plebiscito deve ser realizado no próximo ano. 

Saúde

Cartaz afixado na entrada da Unidade de Saúde Vila Nova sede, na rua XV de Novembro, mostra que no mês de agosto 458 pessoas faltaram a consultas agendadas. A maior porcentagem de faltas é na especialidade nutricionista, onde 45 pessoas, de um total de 64 agendadas, deixaram de comparecer (percentual de 70% de faltas). Na especialidade enfermagem, o percentual de faltas foi de 39,43%; na ginecologia 15,17% (100 faltas); na pediatria 8,61% (64 faltantes); e na clínica geral 3,91% (48 faltas). Na odontologia 84 pessoas faltaram, representando 17,31% das consultas marcadas. 

Projeto

O vereador Adilson Girardi prepara projeto de lei para que o agendamento de consultas nos postos de saúde da rede municipal seja realizado por telefone, principalmente para pessoas com algum tipo de deficiência e para idosos. A condição é que as pessoas estejam cadastradas na Unidade. Para virar lei, o projeto precisa ser aprovado pelas comissões de Legislação, Justiça e Redação e de Saúde. Caso seja aprovada na Câmara, vai para sanção ou veto do prefeito. 

Ginásio

Metade das obras do ginásio coberto na Escola Municipal Arinor Vogelsanger estão concluídas. Para cumprir o prazo de entrega a empreiteira terá de agilizar as ações de acabamento, como o preenchimento das paredes, reboco, instalações elétricas, construção do piso e pintura em geral. A previsão da Prefeitura é de entregar a nova quadra para a comunidade escolar no início de 2018.

Bairro limpo

A Subprefeitura da Região Oeste, com sede no Vila Nova, vai desenvolver campanha de limpeza urbana no bairro. A ideia é realizar mutirões de limpeza para recolher principalmente o lixo de maior volume, como móveis em geral, pneus, descartes eletrônicos, entre outros, que muitas vezes são lançados em terrenos baldios e comprometem a drenagem.

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

SEGURANÇA - Guarda Municipal e agentes de trânsito devem ser acionados pelo telefone 153

A população de Joinville tem um canal direto com a Guarda Municipal e com os agentes de trânsito através do telefone 153. O serviço gratuito funciona todos os dias da semana das 6h30 às 24 horas.

Pelo telefone 153, o morador pode solicitar apoio da Guarda Municipal com relação a denúncias de depredação do patrimônio público (escolas, postos de saúde, parques) e uso de drogas em vias públicas ou locais públicos.

Os agentes de trânsito estão preparados para atender ocorrências relacionadas a infrações de trânsito, obras em vias públicas, acidentes em vias públicas e panes em semáforos.

Na última quinta-feira (14), uma denúncia no telefone 153 ajudou os guardas a deter um pessoa suspeita de tráfico de drogas nas imediações da praça dos Suíços e Museu de Arte de Joinville. 

“Trata-se de um canal direto com a população que tem o objetivo de melhorar a segurança e oferecer uma resposta mais rápida e efetiva”, explica o comandante da Guarda Municipal e gerente de trânsito Atanir Antunes. Segundo o comandante Antunes, o tempo de resposta às solicitações tem sido em média de 20 minutos.

Guarda Municipal

- Atua na proteção do patrimônio público (escolas, praças, parques, terminais e museus)

- Pode fiscalizar o trânsito em situação de flagrante infração grave

- Também presta apoio a outros órgãos de fiscalização do município

Agentes de Trânsito

- Atua na orientação e fiscalização do trânsito de Joinville

- Monitora a entrada e saída de alunos em escolas municipais

- Realiza escolta em eventos especiais

Fonte: Prefeitura de Joinville.

Alunos da Escola Bailarina Lisolett Trinks realizam amostra sobre regiões de Santa Catarina

A diversidade das regiões de Santa Catarina foi apresentada por alunos do terceiro ano do ensino médio na Escola de Ensino Médio Bailarina Lisolett Trinks, no bairro Vila Nova. Quatro salas de aula sediaram os trabalhos realizados com muita criatividade pelos alunos com a supervisão dos professores. Abaixo, algumas fotos do evento.





 












 Fotos: Adilson Girardi

Epagri promove seminário nesta sexta para capacitar bananicultores do Norte do Estado

A Epagri promove nesta sexta-feira, 22, em Massaranduba o V Seminário Regional da Bananicultura. O evento integra a 8ª Festa da Banana e busca capacitar técnicos e produtores nessa importante cadeia produtiva da região.

O seminário conta com duas etapas. Na parte da manhã, a partir das 9h, acontece o ciclo de palestras, no salão de festa da igreja São João Bosco, na comunidade Ribeirão da Lagoa. 

Às 9h45min inicia a primeira palestra. O engenheiro-agrônomo e pesquisador da Estação Experimental da Epagri em Itajaí, Rafael Cantu, fala sobre como manter e melhorar a qualidade dos solos dos bananais. Em seguida a diretora administrativa da Associação dos Bananicultores de Corupá (Asbanco) aborda a organização e sustentabilidade econômica da bananicultura do Norte catarinense. A programação da manhã encerra com o lançamento do boletim técnico da Epagri: Banana – Recomendações técnicas para o cultivo no Litoral Norte de Santa Catarina.

A parte da tarde será marcada por atividades práticas que vão acontecer na propriedade do agricultor Célio Jaroczinski. A partir das 13h30min Cantu e a engenheira-agrônoma e extensionista rural da Epagri em Massaranduba, Maria Luiza Tomazi Pereira, demonstram áreas com práticas de manejo e conservação do solo em bananais.

Em seguida Ricardo J.Z. Negreiros, gerente regional da Epagri em Itajaí, demonstra áreas com renovação de bananais. A programação encerra com uma demonstração técnica de pulverizador eletrostático, promovida pela empresa Bell.

Produção

A banana é a segunda fruta mais consumida no mundo. Santa Catarina figura entre os quatro maiores produtores do Brasil. Em 2016 a bananicultura catarinense contava com 3.678 bananicultores presentes em 74 municípios, representando 48,5% da produção da fruticultura catarinense e 30,1% do VBP estadual frutícola.

De acordo com a Síntese Anual da Agricultura Catarinense 2015-2016, do Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Epagri/Cepa), em 2015 a banana-caturra representava 86,7% e a banana-prata 13,3% do total da produção do Estado. Naquele ano Massaranduba figurou como o terceiro maior produtor de banana-caturra de Santa Catarina, respondendo por 8,9% do total produzido.

Mais informações com Maria Luiza Tomazi Pereira, pelo fone (47) 3276-9471

Fonte: Epagri. Foto: Divulgação

terça-feira, 19 de setembro de 2017

MEIO AMBIENTE Abertas inscrições à 5ª Conferência Municipal do Meio Ambiente de Joinville

Estão abertas as inscrições para a 5ª Conferência Municipal do Meio Ambiente de Joinville, que será realizada nos dias 4 e 5 de outubro na sede da Associação Empresarial de Joinville (ACIJ), na avenida Aluísio Píres Condeixa (Beira-rio).

O evento será estruturado em debates por meio de mesa-redonda, grupos de trabalho e plenária final. As inscrições devem ser feitas pela internet no link V Conferência Municipal do Meio Ambiente.

O público-alvo sãocidadãos em geral, integrantes de movimentos sociais organizados e instituições públicas e privadas interessados na participação comunitária e no controle social da Política Municipal do Meio Ambiente do Município de Joinville.

As inscrições podem ser feitas até as 22h59 do dia 30 de setembro. Para se inscrever, o interessado deve ler a Minuta de Regimento Interno e a descrição dos eixos temáticos, acessar o formulário de inscrição, preencher as informações solicitadas, submeter o formulário e verificar recebimento de e-mail de confirmação.

As inscrições estão limitadas a 40 vagas por eixo temático. O eixo temático que tiver vagas preenchidas antes do fim do período de inscrição será indisponibilizado no formulário.

Temática em debate

O eixo central da 5ª Conferência Municipal do Meio Ambiente de Joinville é a “Fauna Urbana: Sim ela Existe!”. Os participantes poderão se inscrever nos seguintes temas:

Eixo 1: “Métodos de Implementação de Corredores Ecológicos”.
Eixo 2: “Estratégias Eficientes no Controle de Vetores de Doenças Humanas”.
Eixo 3: “Consequências da Convivência entre Animais Nativos e Exóticos”.
Eixo 4: “Fauna Exótica: Meios de Controle Populacional e Prevenção a Novas Inserções”.
Eixo 5: “Superpopulação de Animais Domésticos e a Responsabilidade Compartilhada”.

Fonte: Prefeitura de Joinville.