quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Prefeitura finaliza cabeceiras para instalação de ponte na Estrada Dedo Grosso

A Prefeitura de Joinville está finalizando a construção das cabeceiras para instalação da nova ponte sobre o rio Cristina, na Estrada Dedo Grosso, região rural do bairro Vila Nova. A antiga ponte, de madeira, será substituída por um kit de transposição da Defesa Civil, uma estrutura de concreto pré-moldada com vão de 15 metros. A ação é realizada em parceria entre a Defesa Civil estadual e municipal, Prefeitura de Joinville e Prefeitura de Guaramirim, já que a ponte fica nos limites entre os dois municípios. 

terça-feira, 29 de agosto de 2017

Criança que ficou soterrada em monte de areia morre em Joinville

O menino de nove anos de idade, que sofreu um acidente enquanto brincava em um monte de areia, domingo à tarde, no bairro Vila Nova, na zona Oeste de Joinville, faleceu nesta terça-feira, no Hospital Infantil. A pedido da família, o hospital não passou informações sobre a causa da morte. 

Conforme o Instituto Médico Legal (IML), os órgãos da criança serão doados. Na escola em que a criança estudava no Vila Nova, o clima entre professores e alunos era de muita consternação e incredulidade. 

O acidente ocorreu quando o menino brincava na areia do pátio de uma loja de material de construção com outra criança, fazendo um túnel. Parte do monte desabou sobre o corpo dele e o deixou soterrado. Imediatamente, o amigo da criança soterrada chamou os familiares que estavam próximos. 

O pai do garoto teria feito massagem cardíaca para reanimar a criança enquanto aguardava a chegada da ambulância do Samu. Desde então, a vítima permaneceu internada na unidade de tratamento intensivo (UTI) do Hospital Infantil. 

Fonte: Jornal A Notícia (http://anoticia.clicrbs.com.br)

Subprefeitura Oeste começa preparar rua Antônio Meras Sagas para pavimentação

A Subprefeitura da Região Oeste, com sede no Vila Nova, começou nesta semana a realizar a preparação de mais uma rua para receber pavimentação. A rua Antônio Meras Sagas receberá pavimeneto com lajotas, numa parceria entre Prefeitura e moradores. Nesta terça-feira máquinas realizaram o alinhamento da via e nos próximos dias a empreiteira responsável pela obra vai iniciar a colocação dos meio-fios. O trecho da rua que vai ser pavimentado é de aproximadamente 170 metros.

Sine Joinville tem 49 vagas de emprego para preenchimento até dia 1º de setembro

O Sistema Nacional de Empregos (Sine), em Joinville, vinculado a Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação, divulga as vagas de emprego para preenchimento até o dia 1º de setembro. Os interessados devem procurar o local das 12h30 às 18h30, na Rua Nove de Março, 774, sala 02. Para fazer o cadastro em uma das vagas é preciso levar carteira de trabalho, identidade, CPF e comprovante de residência. Mais informações pelo telefone (47) 3481-2137.



*Confira as vagas

Analista de recursos humanos - 1 vaga

Auxiliar administrativo - 1 vaga

Auxiliar administrativo - Estagio - 1 vaga

Auxiliar técnico eletrônico - 3 vagas

Auxiliar de padeiro- 1 vaga

Auxiliar de manutenção de edificações - 1 vaga

Açougueiro - 1 vaga

Biomédico - 1 vaga

Consultor - 1 vaga

Consultor de vendas - 6 vagas

Costureira em geral - 2 vagas

Garçom - 1 vaga

Gerente de varejo - 1 vaga

Marceneiro - 2 vagas

Mecânico de climatização e refrigeração - 1 vaga

Oficial de manutenção - 2 vagas

Oficial de serviços gerais na manutenção de edificações - 1 vaga (PCD)

Programador de computador - 1 vaga

Sondador de geofísica - 1 vaga

Técnico em manutenção mecatrônica - 1 vaga

Vendedor de consórcio - 10 vagas

Vendedor de serviços - 3 vagas

Vendedor porta a porta - 2 vagas

Vendedor pracista - 2 vagas

Zelador - 2 vagas

Fonte: Agência de Desenvolvimento Regional de Joinville

Obra interdita parcialmente rua São Firmino, no binário do Vila Nova

A rua São Firmino, no binário do Vila Nova (sentido bairro/Centro), estará com o trânsito parcialmente interditado a partir desta terça-feira (29) até quinta-feira (31), para obras de saneamento.

A interdição acontece na esquina com a rua Arlindo Correa. Motoristas devem ter atenção ao transitar pelo local. A obra vai melhorar o abastecimento de água na zona Oeste da cidade.

domingo, 27 de agosto de 2017

Enquete quer opinião sobre criação do distrito do Vila Nova

O blog Circulando na Vila lança neste domingo enquete para saber a opinião da comunidade sobre a criação do Distrito do Vila Nova. A proposta está tramitando na Câmara de Vereadores, numa iniciativa do vereador Adilson Girardi. Na enquete inserida no lado direito no blog, o leitor pode manifestar sua opinião. Também é possível fazer comentários no espaço para esta finalidade no final desta postagem. Para entender a proposta de criação do distrito, clique AQUI. Para votar pelo celular, é preciso colocar a tela no modo de visualização web, no rodapé do blog. 

sábado, 26 de agosto de 2017

Abertura dos Jogos Escolares de Joinville será neste domingo

A cerimônia de abertura dos Jogos Escolares de Joinville será neste domingo (27), a partir das 10 horas, no ginásio de esportes Abel Schulz, no centro da cidade. A competição é organizada pela Secretaria de Esportes (Sesporte) e reunirá cerca 1.600 alunos-atletas de 59 escolas públicas e particulares, nas categorias de 11 a 13 anos e de 14 a 16 anos.

A Sesporte decidiu realizar a abertura em um domingo para permitir a participação dos pais. O público que for prestigiar a programação poderá acompanhar apresentações de fanfarras, grupo de dança e homenagens a atletas que representaram a cidade em competições nacionais e internacionais e a atletas revelados nos Jogos Escolares.

Logo após a cerimônia de abertura será realizada uma Rua de Lazer, com brinquedos infláveis e cama elástica, na praça da Bandeira, em frente ao Abel Schulz. No local, os estudantes também poderão participar de gincana esportiva, passando por estações com diferentes modalidades.

A primeira disputa dos Jogos Escolares será para a categoria de 14 a 16 anos. Depois, no final de setembro, começam as competições para a categoria de 12 a 14 anos.

Os primeiros jogos ocorrem na terça-feira (29) envolvendo equipes de futebol masculino, a partir das 8 horas, no campo do Tamandaré, no bairro João Costa.

Fonte: Prefeitura de Joinville.

sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Joinville faz ações de promoção à saúde para agricultores

A terceira etapa do “Projeto Agrotóxicos” foi realizada nesta quinta-feira (24), na Estação da Saúde, no bairro Vila Nova.

Durante toda a manhã, uma equipe multidisciplinar formada por profissionais do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador da Macrorregião de Joinville (Cerest), da Secretaria da Saúde (SES) e da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDRural), acompanhou agricultores da região para ações de promoção à saúde.

Além da coleta de sangue para a realização de exame de colinesterase – que detecta a presença ou intoxicação por substâncias existentes em inseticidas ou herbicidas – foram realizadas avaliação de Índice de Massa Corporal (IMC) e encaminhamentos para avaliação auditiva.

De acordo com a coordenadora do Cerest, Aline de França, o “Projeto Agrotóxicos” foi criado em 2015 e acompanha cerca de trinta agricultores que trabalham ou que já estiveram expostos a esse tipo de produto.

Além de verificar as condições de saúde dos participantes, os profissionais que integram o projeto dão orientações sobre como minimizar riscos.

“Nossa orientação é para que os agricultores deixem de usar agrotóxicos e mudem para a agricultura orgânica, ou que minimizem o contato com esses produtos. Também falamos sobre cuidados como lavar as roupas usadas na lavoura separadamente, usar equipamentos de proteção individual (EPIs), verificar o horário em que vai aplicar o produto na lavoura, entre outros”, explica Aline.

Os sintomas mais comuns relatados por pessoas que mantêm contato com agrotóxicos são dores de cabeça e de estômago, enjoos, náuseas, cansaço e irritabilidade. A médio e longo prazo podem desenvolver problemas neurológicos, perda da capacidade auditiva e depressão.

Embora haja resistências para a mudança de comportamento, o “Projeto Agrotóxicos” tem indicadores positivos, conforme conta Aline: “O mínimo de orientação já traz resultados. Alguns agricultores já mudaram a cultura, deixaram de trabalhar com agrotóxicos e hoje têm outra qualidade de vida”.

É o caso de agricultora Maria da Conceição Cardoso, de 55 anos, que desde a infância trabalha na lavoura e, por dez anos, sentiu os danos causados por agrotóxicos. “Sentia muita dor de cabeça, tinha feridas na boca e ficava com o sistema nervoso alterado. Agora, faz cinco meses que não mexo mais com agrotóxicos e os sintomas desapareceram”, conta Maria da Conceição.

A agricultora está no “Projeto Agrotóxicos” desde o início e faz os acompanhamentos regularmente. Hoje, ela leva adiante as orientações que recebe: “Falo para os meninos que trabalham comigo que não devem continuar mexendo com agrotóxicos”.

Fonte: Prefeitura de Joinville.

Cavin apresenta proposta para mudança de local da estação de tratamento de esgoto


Na reunião realizada nesta quinta-feira às 20 horas, no auditório da Escola Karin Barkemeier, o Conselho das Associações do Vila Nova apresentou à Companhia Águas de Joinville uma nova proposta de localização da futura Estação de Tratamento de Esgoto do Vila Nova. O encontro contou com a participação do vereador Adilson Girardi, presidentes de Associações de Moradores e comunidade em geral. 

Técnicas da Companhia Águas de Joinville fizeram a apresentação de todo o projeto para o tratamento de esgotos no bairro. No projeto, o local definido para a construção da estação fica localizado na Rodovia do Arroz, junto ao rio Piraizinho, em terreno da Prefeitura no loteamento Penski II. A previsão da conclusão das obras é para o início de 2020. 

O maior questionamento dos participantes do encontro foi sobre a possibilidade da estação prejudicar a vizinhança por causa do mau cheiro dos resíduos. De acordo com os técnicos da CAJ, esta possibilidade é minimizada pela tecnologia que será empregada na construção do equipamento. Mesmo assim, o Cavin vai protocolar a proposta para mudança de local e vai aguardar uma resposta da Prefeitura para definir as próximas ações. 

A proposta do Cavin é de que a estação seja implantada na Estrada Arataca, em local sem moradias no entorno, às margens do rio Águas Vermelhas. 

Fotos: Fernando Constantino

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Em sete meses, vereador realizou 53 reuniões sobre pavimentação no Vila Nova


Nos primeiros sete meses de mandato o vereador Adilson Girardi decidiu priorizar a pavimentação nas ruas do bairro Vila Nova. Até o mês de julho foram realizadas 53 reuniões com moradores para explicar o processo de parceria. Estes encontros resultaram em diversas obras, algumas já concluídas, outras em fase de conclusão e algumas em processo de adesão dos moradores. 

Em todos os casos há participação dos moradores, que pagam o material e a mão-de-obra, e da Subprefeitura, que realiza as obras de drenagem, preparação das esperas de bocas de lobo e alinhamento da via. "Antes, mesmo que o morador quisesse pagar, a obra não saía. Agora mudamos os procedimentos e as ações começam a dar resultados", disse Girardi.

Em janeiro de 2016 o bairro Vila Nova contava com apenas 30% das vias urbanas
pavimentadas. A meta do vereador, em parceria com moradores e Subprefeitura, é dobrar este percentual nos próximos quatro anos. Para isso, praticamente todas as noites são realizados encontros com moradores para levar a proposta de adesão para a realização do pavimento. 


Fotos: Fernando Constantino


Abastecimento de água comprometido em 70% de Joinville

A Companhia Águas de Joinville informa que a Estação de Tratamento de Água (ETA) do Cubatão parou de operar na madrugada desta quarta-feira (23). A paralisação da estação foi necessária para que um conserto na rede na rua Santos Dumont, no bairro Jardim Sofia, pudesse ser realizado.

Assim, 70% da cidade (nas zonas Sul, Leste e Norte de Joinville) estão com o abastecimento de água comprometido. Não há previsão para que o sistema volta a operar normalmente.

Fonte: Prefeitura de Joinville.

terça-feira, 22 de agosto de 2017

Circulando na Vila

Ginásio 50% concluído

Metade das obras do ginásio coberto na Escola Municipal Arinor Vogelsanger estão concluídas. Em visita ao local, o vereador Adilson Girardi verificou que para cumprir o prazo de entrega a empreiteira terá de agilizar as ações de acabamento, como o preenchimento das paredes, reboco, instalações elétricas, construção do piso e pintura em geral. A previsão da Prefeitura é de entregar a nova quadra para a comunidade escolar no início de 2018.

Drenagem

Com a liberação de tubos pela fábrica da Prefeitura, a Subprefeitura do Vila Nova está retomando obras de drenagem que estavam paralisadas desde o ano passado. Uma delas é na rua Comandante Karl Busch, lateral da Bento Torquato da Rocha. No local serão instalados mais de 200 tubos de 80 cm e outros 180 tubos de 1,oo m e 1,20m. Depois de concluída a tubulação, os moradores querem organizar adesão para pavimentar a rua com lajotas. 

Limpeza de rios

Com a proximidade das épocas de chuvas, a Subprefeitura inicia também os trabalhos de prevenção às cheias e alagamentos, com a limpeza e desassoreamento de valas e rios da região. O principal deles, o Águas Vermelhas e seus afluentes, devem receber atenção especial nos próximos meses. 


Paulo Schneider

Deve ocorrer em setembro a obra de recapeamento da rua Paulo Schneider, no Vila Nova. A via já recebeu as obras de preparação para o recape e agora aguarda a liberação por parte da Secretaria de Infraestrutura Urbana para receber a nova camada de asfalto, cujo projeto faz parte do financiaento do Badesc para recapeamento de 48 ruas em Joinville. No Vila Nova, além da Paulo Schneider, a Bento Torquato da Rocha também foi beneficiada. 

Vazamento prejudica abastecimento nas regiões Norte e Leste de Joinville

Companhia Águas de Joinville informa que, por causa de um vazamento na rede de distribuição da Avenida Santos Dumont, no bairro Jardim Sofia, as zonas Leste e Norte da cidade terão o abastecimento de água comprometido nesta terça e quarta-feira (23).

Os principais bairros atingidos são: Jardim Paraíso, Jardim Sofia, Bom Retiro,
América, Aventureiro, Jardim Iririú, Iririú, Saguaçu e Vila Cubatão. A expectativa é que o abastecimento volte ao normal apenas na na noite desta quarta-feira (23/08).

Fonte: Prefeitura de Joinville.

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Subprefeitura Oeste vai fazer mutirão de limpeza no bairro


 A Subprefeitura da Região Oeste, com sede no Vila Nova, vai desenvolver campanha de limpeza urbana no bairro. A ideia é realizar mutirões de limpeza para recolher principalmente o lixo de maior volume, como móveis em geral, pneus, descartes eletrônicos, entre outros, que muitas vezes são lançados em terrenos baldios e comprometem a drenagem. 


Nesta segunda-feira o secretário João Tadeu Moreira, acompanhado do vereador Adilson Girardi e do síndico do condomínio Irineu Bornhausen, Júlio Savadil, estiveram na empresa Ambiental, concessionária da limpeza urbana no município, para buscar informações e subsídios para o desenvolvimeneto da campanha.

O objetivo da ação, além de embelezar o bairro, é de prevenir os alagamentos ocasionados pelo assoreamento da tubulação da rede de drenagem. "Diariamente nossa equipe observa que o lixo que poderia ser levado pela Ambiental é lançado em valas e
tubulações da rede de drenagem", disse Tadeu. 

Atualmente, quem tem móveis para descarte, pode agendar o recolhimento com a empresa concessionária. Basta ligar para  3436-8090 e agendar o dia da coleta. Mais informações sobre a coleta de lixo podem ser obtidas no site da concessionária.

Abertas as inscrições para o 25º Festival Escolar de Dança de Joinville

Até o dia 11 de setembro, todas as escolas municipais, estaduais e particulares de Joinville, podem se inscrever no 25o Festival Escolar de Dança, que acontece nos dias 20 e 21 de outubro, no Centreventos Cau Hansen. 

A edição vai celebrar os 25 anos do evento e será dividida em quatro categorias, sendo uma para mostra, e três para competição: Categoria A (mostra), para alunos da Educação Infantil; Categoria B (1o ao 5o ano), alunos do Ensino Fundamental I; Categoria C (6o ao 9o ano), alunos do Ensino Fundamental II; e Categoria D, alunos do Ensino Médio. Os gêneros contemplados serão dança de salão, jazz, danças urbanas, danças populares e ballet clássico. 

Neste ano, o Festival Escolar de Dança terá a participação de até cem coreografias. As apresentações serão avaliadas por uma banca de jurados formada por cinco profissionais do meio artístico da dança, e os três primeiros lugares de todas as categorias serão premiados com troféus. 

O regulamento completo está disponível no site da Prefeitura de Joinville e as inscrições devem ser feitas na página do evento.

O 25o Festival Escolar de Dança tem o objetivo de divulgar e fomentar a dança como forma de expressão no ambiente escolar; incentivar o intercâmbio entre grupos, escolas e alunos; e contribuir para a educação integral de crianças e jovens. O evento é realizado pela Prefeitura de Joinville, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo – SECULT.

Fonte: Prefeitura de Joinville/Secom.

domingo, 20 de agosto de 2017

Artigo: A revolução silenciosa

Lendo a obra: A Longa Marcha dos Camponeses Franceses – Louis Malassis, 2003, impressiona sobremaneira o papel da mulher na agricultura francesa. A França, país secular, ao longo da história, enfrentou todas as vicissitudes da civilização, desde o império romano, Idade Média, fase iluminista, culminando com a revolução francesa – movimento que sacudiu toda a sociedade da época, e que se prolonga até os dias atuais. Liberdade, igualdade e fraternidade, compõe um trinário a nos desafiar permanentemente. Guerras, tantas foram as guerras travadas, que é quase impossível enumerá-las. E o papel de Joana D’Arc - heroína e libertadora -, bem expressa a ousadia feminina.

Mas, a maior de todas as revoluções - a revolução silenciosa -, ocorreu no lar. Embora abnegadas e resignadas, doando-se à maternidade e o trabalho, as mulheres jamais negligenciaram as novas luzes, as novas oportunidades. E, eis que no caso da França, os trinta anos gloriosos – 1945-1975 – decisivamente mudaram o universo rural. E, ressalte-se, esta mudança ocorreu, não só pela inovação tecnológica, mas, sobretudo, pela organização do campesinato como um todo. Segundo Malassis, neste período ocorreram quatro revoluções: a cultural, a técnica, a política e a doméstica. A técnica, introduzindo novas tecnologias, a cultural e a política em razão da organização do campesinato, reivindicando condições igualitárias.

Quanto às mulheres, a grande revolução ocorreu no lar. A modernização do sistema produtivo, com a introdução de máquinas e equipamentos, liberou-as de afazeres pesados e fatigantes, caso da ordenha. Quanto às residências, muitas foram as mudanças: água encanada, energia elétrica, cômodos ampliados e confortáveis, rádio, televisão, máquina de lavar roupa, geladeira e outros eletrodomésticos. E belos jardins.

Segundo Malassis, Engenheiro Agrônomo, e expoente deste processo de transformação, os anos gloriosos representaram um novo alento para o campo. O camponês torna-se empresário rural. E a condição de vida, e de renda, se iguala às atividades urbanas. E, este era o grande sonho de todos que lutaram para fortalecer o setor: igualdade entre campo e cidade. Ambos os setores perfeitamente equilibrados do ponto de vista da renda e da cidadania, respeitando-se o devido papel no contexto da sociedade.

Sem dúvida, a obra A Longa a Longa Marcha da Agricultura Francesa, deve ser lida e recomenda, pois expressa um momento importante da história da agricultura e da sociedade humana, cuja evolução provém do neolítico aos dias atuais.

Representa, sobretudo, o desafio de prover alimentação farta e abundante, fator fundamental para a estabilidade das sociedades do passado, do presente e do futuro. E, sem dúvida, a humanização dos afazeres da mulher – a chamada revolução doméstica -, sobressai sob todos os aspectos. E a mulher, até então coadjuvante, torna-se protagonista.

Onévio Antonio Zabot
Engenheiro Agrônomo

sábado, 19 de agosto de 2017

Cavin discute implantação de sistema de esgoto sanitário no Vila Nova

Estação deve ser construída no terreno em destaque.
O Conselho das Associações do Vila Nova promove audiência pública na próxima quinta-feira, dia 24, às 19h30, para discutir a implantação do sistema de esgoto sanitário no bairro. Técnicos da Companhia Águas de Joinville foram convidados e estarão presentes para apresentar o projeto de implantação do sistema. 

No governo Carlito Merss a Prefeitura, por meio da Águas de Joinville, realizou a implantação da rede de esgotamento no bairro. Passados mais de 7 anos, a tubulação está deteriorada e necessita de revisão geral antes de entrar em funcionamento. Além disso, é necessário a construção de uma estação de tratamento de esgoto (ETE), na região.

A proposta da Prefeitura é de instalar a ETE em terreno reservado junto ao rio Arataca, na Rodovia do Arroz, no loteamento Penski II. O temor dos moradores é de que o equipamento venha exalar mau cheiro e prejudicar todo o entorno. 

Por isso, o presidente do Cavin, Elpídio Zimmermann, convida toda a comunidade a participar da audiência, que ocorre no auditório da Escola Karin Barkemeyer, na rua Márcio Luckow, bairro Vila Nova, a partir das 19h30. "É importante a presença de todos para que possamos esclarecer as dúvidas em relação ao projeto", disse. 

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

83 vagas de emprego no Sine Joinville para preenchimento até dia 25 de agosto

O Sistema Nacional de Empregos (Sine), em Joinville, vinculado a Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação, divulga as vagas de emprego para preenchimento até o dia 25 de agosto. Os interessados devem procurar o local das 12h30 às 18h30, na rua Nove de Março, 774, sala 02. Mais informações pelo telefone (47) 3481-2137.

*Confira as vagas

Analista de recursos humanos - 1 vaga

Analista de sistemas de informática - 1 vaga

Atendente de balcão - 1 vaga

Atendente balconista - 20 vagas

Atendente de telemarketing - 4 vagas

Estágio de auxiliar administrativo 1 vaga

Auxiliar de almoxarifado (PCD) - 5 vagas

Auxiliar técnico eletrônico - 3 vagas

Auxiliar de manutenção de edificações - 1 vaga

Açougueiro - 1 vaga

Biomédico - 1 vaga

Consultor - 1 vaga

Consultor de vendas - 6 vagas

Costureira em geral - 2 vagas

Garçom - 1 vaga

Gerente de v - 1 vaga

Marceneiro - 2 vagas

Mecânico de climatização e refrigeração - 1 vaga

Oficial de manutenção - 2 vagas

Oficial de serviços gerais na manutenção de edificações (PCD) - 1 vaga

Pedreiro - 2 vagas

Programador de computador - 1 vaga

Servente de pedreiro (PCD) - 3 vagas

Sondador de geofísica - 1 vaga

Técnico em manutenção mecatrônica - 1 vaga

Vendedor de consórcio - 10 vagas

Vendedor de serviços - 3 vagas

Vendedor porta a porta - 2 vagas

Vendedor pracista - 2 vagas

Zelador - 2 vagas

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Comunidade pede semáforo no cruzamento da Bento da Rocha com binário

Rua é uma das mais movimentadas do bairro Vila Nova.
A comunidade do bairro Vila Nova, principalmente os moradores da região da rua Bento Torquato da Rocha e laterais, reivindica a instalação de um semáforo no cruzamento da rua Bento da Rocha com a rua Leopoldo Beninca, no binário. 

Segundo os moradores, com a inauguração do binário o fluxo de veículos aumentou consideravelmente ocasionando filas nos dois lados da rua de acesso, principalmente nos horários de maior movimentação, no início da manhã, meio-dia e início da noite. 

Um abaixo-assinado com mais de 100 assinaturas foi organizado por iniciativa do vereador Adilson Girardi. O documento foi entregue, juntamente com ofício, na Prefeitura de Joinville. A intenção é que os setores competentes realizem estudo para a instalação do equipamento, que vai beneficiar grande número de moradores. 

Joinville Jazz Big Band na Feira do Vila Nova neste sábado

A Feira do Vila Nova terá um ingrediente diferente neste sábado, dia 19 de agosto, ao lado do Terminal de Ônibus. Além do tradicional artesanato, brechós, venda e troca de livros e gastronomia, a banda Joinville Jazz Big Band se apresenta durante uma hora, das 9h30 às 10h30.

Composta por 17 membros, a banda traz um repertório variado e se apresenta em contrapartida a projeto desenvolvido pelo Sistema Municipal de Desenvolvimento da Cultura (Simdec). O grupo também esteve no Sesc Comunidade, em julho, por ocasião da Festa de Aniversário do Vila Nova. 

A Feira do Vila Nova é realizada todos os meses, no terceiro sábado, das 9 às 14 horas. A organização é da Secretaria de Cultura e Turismo, com apoio do Conselho das Associações do Vila Nova - CAVIN e da Subprefeitura da Região Oeste.  

terça-feira, 15 de agosto de 2017

Projeto Parada Segura é discutido na Câmara de Vereadores

O projeto de lei Parada Segura, do vereador Adilson Girardi, que foi anexado a projeto com o mesmo teor do vereador Rodrigo Coelho, está em discussão na Câmara de Vereadores. Em resumo, a proposta prevê que os ônibus do transporte coletivo em Joinville possam realizar paradas fora dos pontos no horário compreendido entre as 22 e 6 horas da manhã. A medida visa dar mais segurança para as pessoas que retornam da escola ou do trabalho nos horários em que há pouca movimentação nas ruas. Caso seja aprovada, a lei vai permitir que os motoristas parem os carros em locais mais seguros nos horários definidos, próximos das residências dos passageiros. 

Vereador Adilson Girardi protocola projeto sobre Distrito Vila Nova

O vereador Adilson Girardi protocolou nesta semana o projeto de decreto legislativo nº 9/2017, que dispõe sobre a convocação de plebiscito para a criação do Distrito Vila Nova no município de Joinville. O projeto é o primeiro passo legal para que o bairro possa ser transformado no segundo distrito da cidade. O primeiro é Pirabeiraba. 

Caso seja aprovado pela Câmara de Vereadores, o projeto prevê a convocação de eleição direta que será exercida pelos eleitores de todo o município de Joinville, provavelmente nas próximas eleições, em 2018. O plebiscito será considerado aprovado ou rejeitado por maioria simples, de acordo com o resultado homologado pelo Tribunal Regional Eleitoral.

Segundo Adilson, a criação do Distrito se justifica tendo em vista o elevado crescimento econômico e populacional do bairro Vila Nova, fruto de uma série de fatores econômicos, políticos, sociais e culturais, o qual corrobora com a crescente necessidade dos serviços públicos da região. 

"Como distrito, o Vila Nova terá mais força política e administrativa para buscar as melhorias que o bairro precisa e merece", afirmou. 



segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Alíquota de ISS para eventos cairá a 2%

A diretora-executiva da Secretaria Municipal da Fazenda, Maria Cristina dos Santos, confirmou hoje, durante reunião da Comissão de Economia da Câmara, a redução da alíquota de Imposto Sobre Serviço (ISS) para as empresas promotoras de eventos sediadas em Joinville. Hoje, a alíquota praticada pela Prefeitura é de 5%, mas deverá cair para 2%.

O assunto vinha sendo debatido há meses na comissão. Empresários do setor vinha pressionando politicamente os vereadores, que, por sua vez, vinham pressionando a Prefeitura pela revisão na cobrança do imposto.

A diretora-executiva da Fazenda disse que a Procuradoria Geral do Municipio está elaborando a minuta projeto de lei que será remetido à Câmara para análise e deliberação dos vereadores. Isso ainda não tem prazo para ocorrer, mas, segundo Maria Cristina dos Santos, tende a ser ainda neste ano.

A presidente do Joinville e Região Convention & Visitors Bureau, Rose Dedekind, comemorou a confirmação da redução em breve da alíquota. Ela disse que, em se tratando de ISS, é importante que o município de Joinville pratique os mesmos patamares dos melhores destinos de eventos no Brasil. "Essa redução não é perda, é investimento", afirmou.

Dedekind alega que Joinville tem pedido a oportunidade de sediar grandes eventos para cidades como Balneário Camboriú e Florianópolis, cujo ISS para eventos é de 2%. Ela disse que, além do imposto menor naquelas cidades, seus atrativos naturais são outro diferencial que colocam Joinville em desvantagem neste mercado.

O presidente da Comissão de Economia, vereador Adilson Girardi, do Solidariedade, prometeu celeridade na análise e emissão de parecer na Comissão de Economia. Quando chegar à Câmara, o projeto deverá passar antes por Legislação e Finanças.

Fonte: Câmara de Vereadores de Joinville.

Jovens rurais discutem empreendedorismo nesta quarta na Grande Florianópolis

Elisabeth Buss contou com apoio da Epagri para instalar
fábrica de biscoitos caseiros em São Bonifácio
A Epagri promove nesta quarta-feira, 16 de agosto, o Encontro Macrorregional de Jovens Rurais e do Mar do Litoral Catarinense. O evento acontece a partir das 8h30min, no Centro de Eventos Petry, em Biguaçu. Estarão reunidos cerca de 250 jovens agricultores das regiões de Joinville, Blumenau, Criciúma, Florianópolis, Tubarão, Criciúma e Araranguá. O objetivo do encontro é motivar os jovens empreendedores do campo, bem como ouvir seus relatos e mapear ações futuras.

A Epagri vem capacitando jovens agricultores desde 2012, dentro do Programa SC Rural. Até o final do ano cerca de 1,8 mil homens e mulheres do campo com idades entre 18 e 29 anos terão sido preparados para empreender em suas propriedades rurais em Santa Catarina. Nos centros de treinamento da Epagri esses jovens recebem noções de administração e aprofundam seus conhecimentos nas cadeias produtivas mais importantes de suas regiões. Ao final do curso são elaborados projetos de empreendimentos rurais e os melhores são selecionados para receber recursos do SC Rural.

Em 2015 e 2016 a Epagri realizou encontros estaduais de jovens rurais, que reuniram mil participantes cada. Esse ano a Empresa optou por realizar quatro encontros macrorregionais que devem reunir um total de mil pessoas também. O primeiro aconteceu em Treze Tílias. No dia 16 de agosto acontece o de Lages e em 30 de agosto é o último evento, em Maravilha.

O encontro da Grande Florianópolis tem na programação a palestra “Gestão social, econômica e ambiental: agricultura como modo de vida”, além de trabalhos e discussões em grupo. Mas o ponto alto da programação é a partir das 13h30min, quando acontecem as apresentações dos casos de sucesso, relatados pelos próprios jovens. Serão apresentadas experiências exitosas com agricultura sustentável em Santa Rosa do Sul, cultivo protegido e processamento de aipim, melhoria e segurança na embarcação, biscoitos nutracêuticos, produção de conservas de vegetais, entre outros temas.

Serviço

· O que: Encontro Macrorregional de Jovens Rurais e do Mar do Litoral Catarinense

· Quando: dia 16 de agosto, quarta-feira, a partir das 8h30min

· Onde: Centro de Eventos Petry, Rod. Br 101, Km 193 - Biguaçu

· Informações e entrevistas: Ivanda Masson, extensionista social da Epagri para a Grande Florianópolis, pelo fone (48) 99640-6066.

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Obras para o Vila Nova

O início do mês de agosto foi de boas notícias para Joinville. No dia 1º o prefeito Udo Döhler assinou juntamente com técnicos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) o financiamento de US$ 70 milhões, com contrapartida de igual valor por parte da Prefeitura, totalizando investimentos de US$ 140 milhões nos próximos anos em Joinville.

O dinheiro será utilizado em grande parte para a realização de obras de macrodrenagem na região Sul da cidade, para resolver de vez os problemas de alagamentos que atormentam aquela comunidade todos os anos em épocas de chuvas intensas.

Outra parcela dos recursos vem para o Vila Nova. Constam no projeto enviado ao BID as obras de implantação do Parque do Piraí, a ser construído junto à Rodovia do Arroz, na altura da antiga pedreira do XV, região rural do bairro; e ainda ações de microdrenagem, pavimentação de vias e realização do esgotamento sanitário para aproximadamente 5 mil domicílios. 

Aprovado e assinado o financiamento, as próximas etapas preveem a realização dos projetos executivos, os licenciamentos ambientais e as licitações para as obras. O início das ações em campo deve ocorrer a partir da segunda metade do ano que vem. 

Enfim, são ações que beneficiam a cidade, e particularmente o Vila Nova. O bairro anseia por obras que venham melhorar a infraestrutura da região.

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Circulando na Vila


Instituto Cultural no Maestro

Breve o bairro Vila Nova vai contar com uma organização não governamental voltada à promoção da cultura. No início de agosto um grupo de lideranças do bairro apresentou ao prefeito Udo Döhler a proposta de criação do Instituto Cultural Vila Nova. A ideia é promover a cultura por meio da formação de turmas para o ensino e prática da música, dança, teatro, artes visuais e inclusão digital. Todas as ações serão realizadas com voluntários. Na conversa com o prefeito ficaram definidas parcerias com a Secretaria da Cultura e Turismo, para cessão de professores; Secretaria de Educação, para divulgação e seleção de alunos nas escolas; e Seprot, para cessão eventual de espaço na Escola Maestro Francisco Manoel da Silva, que foi cedida ao município. 

Pavimentação

Mais uma rua do bairro Vila Nova recebeu pavimentação asfáltica. O trecho da rua Maria Santa Correa entre a rua XV de Novembro e a rua São Firmino, com metragem aproximada de 400 metros, é uma das travessias entre a XV e o binário. A obra é uma parceria entre moradores e Prefeitura. O poder público arcou com os custos de drenagem, base e sub-base da via e os moradores pagaram pela capa asfáltica. A empresa que realizou o pavimento é a Empreiteira Fortunato. 

Mais ruas

Outras vias do bairro estão em preparação para receber o pavimento asfáltico. As próximas serão a rua Hermínia Penski , Guilherme Zilmann, Rolf Brümer, Rudolf Baumer e Dante Nazato. Na pavimentação com lajotas, além das cinco vias já concluídas, estão em execução a rua Carlos Guilherme Jerke, Adolfo Kluver e Antônio Meras Sagas. A Subprefeitura ainda executa a preparação das ruas Harold Carlos Miers (drenagem), Amandus Penski (bocas de lobo) e a rua Paulo Schneider, que vai receber recape asfáltico. Outras 14 ruas estão em processo de adesão para receber o pavimento.

Lombadas

O Departamento de Infraestrutura do Estado (Deinfra) instalou mais duas lombadas na Rodovia do Arroz. Uma delas nas proximidades da Estrada Arataca e a outra em frente à Escola Municipal Joao Melhooz, na Comunidade Santo Antônio. O pedido para as obras foi do Conselho das Associações do Vila Nova – Cavin em parceria com a Associação de Moradores da Estrada do Sul e Blumenau (Amesb). Outro ponto crítico solicitado para lombadas foi no entroncamento com a Estrada do Atalho, onde ocorrem constantes tombamentos de caminhões. 

Equipe completa

Com a nomeação de Jacson Carlos Savadil como coordenador na primeira semana de agosto, está completa a equipe da Subprefeitura da Região Oeste, no Vila Nova. Agora sobra mais tempo para que o secretário Tadeu possa planejar as ações de melhorias no bairro, e buscar junto ao governo municipal mais equipamentos e mão-de-obra para o Vila Nova. 

Lajotas

Em visita à Associação de Reciclagem em Araquari, o vereador Adilson Girardi verificou a possibilidade de parceria para a pavimentação de ruas do Vila Nova a preço reduzido. O assunto deverá ter desdobramentos ao longo do mês de agosto. A proposta do vereador em parceria com a Subprefeitura é de nos próximos quatro anos pelo menos dobrar a porcentagem de ruas pavimentadas no bairro (em janeiro deste ano era de 30%). Desta forma, sobraria mais saibro e máquinas para o atendimento à região rural. 

Pontes

Por solicitação do Conselho das Associações do Vila Nova, encaminhadas pelo gabinete do vereador Adilson Girardi, serão substituídas as pontes sobre o rio Cristina, na Estrada Dedo Grosso (em obras), sobre o Águas Vermelhas, na rua Guilherme Zilmann, e sobre o rio Ouro, na Estrada do Salto I. Nos dois primeiros casos a obra é realizada em parceria entre governo do Estado, Defesa Civil e Prefeituras de Joinville e Guaramirim. Na Estrada do Salto 1 a obra será de responsabilidade da Secretaria de Infraestrutura de Joinville e Subprefeitura Oeste. 

Unidade de Saúde Vila Nova 1

Ainda em ritmo lento, mas com funcionários trabalhando todos os dias, as obras da Unidade de Saúde Vila Nova 1 não devem conseguir cumprir o prazo colocado na placa em frente ao prédio (outubro deste ano). Pelo andar da carruagem a Unidade deve mesmo obedecer ao prazo definido pelo Ministério Público (janeiro do ano que vem), conforme divulgado em reunião realizada na sede da Associação de Moradores Nova Vila. 

CEI Nova Vila

Já o Centro de Educação Infantil Nova Vila deverá ter sua conclusão ainda neste ano. As obras tiveram atraso em função do desmoronamento de barreira nos fundos do prédio, causando rachaduras em imóveis vizinhos e na própria construção. Agora a obra está em fase de acabamento. O CEI vai disponibilizar mais 300 vagas para crianças do bairro Vila Nova. 

Prioridades

Cinco ações que o bairro Vila Nova precisa com urgência, por ordem de prioridade: revitalização da rua XV de Novembro; pavimentação da rua dos Suíços na ligação com o Costa e Silva; conclusão da obra da Unidade de Saúde Vila Nova 1; instalação de um semáforo no cruzamento da rua Bento da Rocha com o binário e instalação de lombada nas proximidades da Estrada do Atalho.

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Aniversariantes do mês de agosto

Rumo aos 100 – Quem aniversariou no início de agosto (dia 3) foi dona Maria Coelho, ou simplesmente dona Mariquinha, como é carinhosamente conhecida por familiares, amigos e vizinhos. 

Ela completou 99 anos. Na foto com filhos e filha. Desejamos a ela muita saúde, paz e felicidade. Parabéns!



Mais aniversariantes de agosto:

Dia 01 – Jarbas Iva
Dia 02 – Lissandra Dalfovo
Dia 03 – Maria Leite Coelho (99 anos)
Dia 04 – Vinícius Campregher
Dia 04 – Claudianor Leite
Dia 04 – Julice Silveira
Dia 05 – Edna Sandra dos Santos
Dia 07 – Ordival Macoppi
Dia 08 – José Vilmar Soares
Dia 09 – Maria Cecília Klein
Dia 09 – Júlia Camila Dias
Dia 13 – Salônia Schroeder
Dia 14 – Carlos Alexandre Hoffmann Lettor
Dia 14 – Andréia Melo Ramos
Dia 16 – Luíze Helena Klein
Dia 16 – Claudiano Miguel Leite
Dia 17 – Nelyana Girardi
Dia 17 – Nilton Zimmermann
Dia 18 – Adriana Moreira Campregher
Dia 21 – Claudiana Moriel Mileski
Dia 23 – Arthur Matheus Cardoso Zeferino
 Dia 23 – Jacob Zermiani
Dia 23 – Gisele Anacleto
Dia 24 – Edson Juliano Zimmermann
Dia 25 – Osni Fodi
Dia 25 – Simone Schneider
Dia 26 – Jamile Camila Catoni
Dia 26 – Ademir Gartz
Dia 26 – Fernanda Schoping
27/08 - Tereza Beckert
Dia 28 – Fábio Heimann
Dia 28 – Alceu Roberto Poffo
Dia 28 – Ivo Juttel
Dia 29 – Guilherme Alberto Ohf
Dia 29 – Belmiro André Schmitt
Dia 29 – Carlos Augusto Fernandes
Dia 30 – Emerson da Silva Vaz
Dia 30 – Ivan Ferraz Lemke
Dia 30 – Rosa Possamai Dias
Dia 30 – Adriane Kellen Beckert
Dia 30 – Edna Klahold
Dia 31 – Neli Maria Lemos
Dia 31 – Isaura Frainer

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Usina do Piraí abre para visitação pública no sábado

Um passeio que reúne natureza exuberante, história e que mostra a integração entre o meio ambiente e a tecnologia. Esse é o roteiro da visita à Usina Hidrelétrica do Piraí, em Joinville, que estará aberta ao público neste sábado, 12 de agosto, das 14 às 17 horas.

Localizada na Estrada do Salto 1, aos pés da cachoeira do rio Piraí, área rural de Joinville, a usina foi a primeira construída em Santa Catarina, em 1908, e é uma das únicas do Estado a gerar energia ininterruptamente.

A entrada na usina é gratuita e o acesso será feito em grupos de 15 pessoas, acompanhados por técnicos da Celesc, da Secretaria de Cultura e Turismo de Joinville (Secult), dos Bombeiros Voluntários e do Grupo de Expedições Cachorro do Mato.

Por questões de segurança, não será permitida a entrada de menores de 15 anos (mesmo que acompanhados dos pais ou responsáveis), animais de estimação, bem como bebidas alcoólicas. Os visitantes devem usar sapatos fechados e o acesso à cachoeira é vetado.

Durante o período de visitação, os agricultores do Sítio Canto dos Pássaros estarão no local comercializando produtos frescos como frutas, verduras, hortaliças, sucos naturais e bolachas caseiras.

A abertura da usina hidrelétrica do Piraí para visitação é uma iniciativa Prefeitura de Joinville, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo (Secult), em parceria com a Celesc. Em caso de chuva, a visitação será cancelada.

Unidade de Saúde Vila Nova 1 tem previsão de entrega para final deste ano

A Secretaria da Saúde pretende concluir a obra de construção da Unidade de Saúde Vila Nova 1 até o final deste ano de 2017. A obra foi iniciada em 2013 e sofreu paralisação em função do abandono dos trabalhos por parte da empreiteira que atuava no local e a necessidade do Município fazer outra contratação.

De acordo com a Saúde, a nova empreiteira terá que realizar a pintura, colocação de pisos, instalações elétrica e hidrossanitária, bem como as adequações necessárias em função da paralisação da obra. 

Depois de concluída a parte das obras físicas, a Secretaria terá de instalar os equipamentos e mobiliários, bem como contratar as equipes para atender a população local. Ainda não há data definida para a inauguração da Unidade.

domingo, 6 de agosto de 2017

Rodovia do Arroz na lista para estudo de concessão e pedágio

Os novos estudos do governo do Estado sobre o pedágio na região de Joinville estão apontando para uma tarifa de R$ 6 para carros, praticamente metade da estimativa inicial. O modelo prevê um pacote incluindo a BR-280 (entre São Francisco do Sul e Porto União) e as SCs 108 (Rodovia do Arroz) e 418 (Estrada Dona Francisca). 


O valor de R$ 6, ainda em análise, valeria para a rodovia federal e para as duas vias estaduais, com a mesma empresa dona da concessão das três estradas. 

As SCs teriam uma praça de pedágio cada uma. No caso da BR-280, caberá ao governo federal definir o formato, ainda que a concessão esteja entrelaçada. Nessa rodovia, já há trecho em duplicação, bancada pelo governo federal. 

Em relação às rodovias estaduais, será previsto um gatilho: uma vez atingido determinado volume de tráfego, a estrada terá de ganhar mais pistas. A concessão tem chance de ser realizada em 2018. 

Mais detalhes do programa de concessão serão apresentados pela Secretaria de Estado do Planejamento durante reunião do Conselho de Desenvolvimento Regional, nesta segunda, em Araquari. Na única estrada pedagiada na região de Joinville, a BR-101, o valor para automóveis é de R$ 2,60 – a concessionária recebeu o trecho já duplicado.

Fonte: Jornal A Notícia - Jefferson Saavedra

sábado, 5 de agosto de 2017

Produtores de palmáceas se reúnem para formar associação

Cerca de 50 produtores de palmáceas de Joinville e cidades vizinhas se reuniram  nesta sexta-feira (4) em Pirabeiraba para discutir ações, técnicas, alternativas de produção e também para iniciar entendimentos a fim de constituir uma associação para a classe. A proposta partiu dos produtores e empreendedores Alexandre Burig e Gervasio Burig, proprietários do Recanto de Palmeiras, localizado em Pirabeiraba. 

O encontro contou com a participação do engenheiro agrônomo Onévio Zabot, que falou sobre a cadeia produtiva do palmito e sobre o panorama geral das palmáceas na região Norte de Santa Catarina. Elaine Cristina  Muller, da Associação dos Produtores de Bananas de Corupá (Asbanco), falou sobre o case de sucesso a partir da experiência com a bananicultura. 

Também falaram o gerente do Banco Cooperativo Sicoob, sobre linhas de crédito rural para produtores rurais; Educardo Castan apresentou o Sindicato dos Trabalhadores Rurais e no final Alexandre Burig falou sobre o sistema de compra coletiva e propôs a formação de comissao para encaminhar ações em benefício dos produtores.

Foto: Fernando Constantino

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Instituto Cultural Vila Nova terá espaço na Escola Maestro

Grupo de lideranças do Vila Nova, encabeçado pelo vereador Adilson Girardi e o presidente do Conselho das Associações do Vila Nova, Elpidio Zimmermann, apresentou nesta quinta-feira (3) ao prefeito Udo Döhler o projeto de criação do Instituto Cultural Vila Nova. Acompanhado dos secretários Raulino Esbitekoski, da Cultura e Turismo; Roque Mattei, da Educação; e Marco Aurélio Braga, da Comunicação, o prefeito ficou satisfeito com a apresentação e abriu espaço para parcerias entre o Instituto e a Prefeitura.

Entre as parcerias estão a cessão de professores da Casa da Cultura para ministrar aulas de música e artes para alunos do bairro, a divulgação do projeto na rede municipal de ensino, com o apoio da Secretaria de Educação, e a cessão de espaços para abrigar o Instituto. Um destes espaços será a Escola Maestro Francisco Manoel da Silva, que teve os alunos transferidos para nova escola e atualmente abriga a Guarda Municipal.

Foto: Fernando Constantino

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Onévio Zabot deve ser confirmado na Secretaria de Desenvolvimento Rural

O engenheiro agrônomo Onévio Antônio Zabot deve ser oficializado como novo secretário municipal do Desenvolvimento Rural, a antiga Fundação 25 de Julho. 

Zabot é extensionista Rural da Acaresc/Epagri/SC, já ocupou os cargos de presidente da Fundação Municipal 25 de Julho/Joinville, Diretor da Cidasc/SC/Florianópolis, Presidente da Ceasa/SC, Gerente Regional da Epagri/Joinville e Secretário da Agricultura e Meio Ambiente de Joinville/SC. 

Com ampla experiência no meio rural de Joinville, Zabot vai substituir Valério Schiochet, que ficou à frente da extinta Fundação 25 de Julho durante todo o primeiro mandato e mais seis meses do segundo mandato do prefeito Udo Döhler. 

Epagri debate Indicação Geográfica com autoridades nacionais e internacionais

A Indicação Geográfica (IG) estará em debate em Joinville nos próximos dias. Entre 9 e 11 de agosto a Universidade da Região de Joinville (Univille) sedia o VI Workshop Catarinense de Indicação Geográfica e V Mostra de Produtos Tradicionais. O evento é promovido pela Epagri e pelas secretarias estaduais de Planejamento, e de Turismo, Cultura e Esporte.

A IG é uma forma de valorização do produto de uma região ou território, cuja procedência adquiriu notoriedade em decorrência do modo de fazer, das características ambientais locais e outros fatores. O champanhe é um exemplo clássico.

Santa Catarina já conta com a IG do Vales da Uva Goethe. A obtenção de Indicações para a Banana Corupá e o Queijo Artesanal Serrano entrou na fase final. Estão em andamento os trabalhos para solicitação de IG para a erva-mate do Planalto Norte catarinense e para os vinhos de altitude. Todos os processos são desenvolvidos com ampla participação da Epagri.

O evento é aberto ao público e a participação é gratuita, bastando se inscrever com antecedência pelo site www.redeindicacaogeografica.com. As atividades contarão com um grande número de autoridades no assunto, nacionais e internacionais. Como exemplo, pode-se citar a presença de Alberto Francisco Ribeiro de Almeida, da Universidade Lusíada do Porto, em Portugal; David Lehrer, Coordenador Geral do The Arava Institute for Environmental Studies, de Israel; a deputada federal Yeda Crusius, titular da Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços da Câmara de Deputados; e Airton Spies, Secretário Adjunto de Agricultura e da Pesca do Estado de Santa Catarina.

A inclusão produtiva como instrumento de inserção social e afirmação de identidade, a presença midiática de produtos tradicionais, os processos para reconhecimento de signos distintivos coletivos, são apenas alguns dos temas a serem debatidos nos três dias de evento. Um dos destaques da programação é a mesa redonda “políticas públicas para produtos tradicionais”, que acontece às 13h do dia 10.

A ideia de realizar a primeira edição do Workshop Catarinense de Indicação Geográfica surgiu a partir de discussões informais sobre o tema entre acadêmicos, docentes, pesquisadores, advogados e produtores e tomou corpo em 2012. Logo na primeira edição do workshop se percebeu que seria interessante agregar uma mostra de produtos tradicionais para permitir o contato visual dos participantes e da comunidade em geral com a riqueza cultural que nos cerca. Assim, desde 2013 a Mostra de Produtos Tradicionais (inicialmente batizada de Vale Europeu e Caminho dos Príncipes) faz parte da programação do evento.

A Epagri entende que as indicações geográficas são promissoras ferramentas para o desenvolvimento e preservação do patrimônio cultural vinculado à produção e prestação de serviços. É nesse contexto que vem sendo realizado esse evento anual, buscando debater e difundir a IG como uma alternativa de fomento à produção, com valorização das culturas locais. 

Serviço

· O que: VI Workshop Catarinense de Indicação Geográfica e V Mostra de Produtos Tradicionais

· Quando: de 9 a 11 de agosto

· Onde: na Universidade da Região de Joinville (Univille)

· Programação e inscrições: www.redeindicacaogeografica.com.

· Informações e entrevistas: Paulo Arruda, Diretor de Extensão Rural da Epagri, pelos fones (48) 3665-5226 / 98801-2502