circulando na vila

Bem vindo a este espaço, que se propõe divulgar as principais notícias do Vila Nova e região. Participe, com sugestões, ideias, fotografias...

quinta-feira, 10 de março de 2016

Domingo tem festa do palmito em Pirabeiraba

A Sociedade Rio da Prata, com apoio da Prefeitura de Joinville, promove no domingo (13) a terceira edição da Festa Regional do Palmito Cultivado. 

O evento deste ano homenageia a cidade de Joinville, que comemora aniversário de 165 anos, e a própria Sociedade Rio da Prata, que completa 70 anos de fundação.

A programação da festa começa às 9 horas de domingo, com abertura dos eventos e início das apresentações culturais. Entre as atrações, música de bandoneon, acordeom, violão e guitarra. Às 11 horas começa a ser servido o almoço típico à base de palmito.

No cardápio, pratos variados como palmito à moda Rio da Prata, risoto de palmito, pastel, cachorro quente com palmito picado, marreco, frango e pernil grelhados e a novidade desta edição, o strudel de palmito. Para o café da tarde haverá cucas, pães caseiros e café com leite.

As comemorações prosseguem à tarde com domingueira animada pelo conjunto musical Estrela de Ouro. O encerramento da festa está previsto para as 19 horas.

No local da festa haverá exposição e venda de produtos da cultura do palmito cultivado, produtos artesanais coloniais e artesanato da região.

Produção de palmáceas

A região Norte de Santa Catarina é uma das mais fortes produtoras de palmeiras cultivadas. O clima de calor com muitas chuvas beneficia a cultura. “Por ser uma espécie nativa da região amazônica, onde há muito sol e chuva, as palmeiras encontram um clima bastante favorável na região de Joinville e municípios vizinhos”, disse o engenheiro agrônomo Alexandre Visconti, da Epagri.

Na avaliação da Epagri, o cultivo de palmeiras para consumo de palmito ganha cada vez mais espaço entre as culturas de produção agrícola. Mais de três mil produtores rurais do litoral Norte catarinense têm na produção de palmeiras parte de sua renda.

O engenheiro agrônomo Onévio Zabot, gerente da Epagri em Joinville afirma que em algumas cidades, como Massaranduba, por exemplo, a cultura já ultrapassou a produção de bananas em área plantada. “A produção de palmito é uma grata surpresa para nós e hoje é uma cultura que cresce em média 10% ao ano”, comenta.

Espécies de palmito

Inicialmente centralizada no palmito juçara, a produção de palmáceas hoje se espraia para novos cultivares. A mais procurada por seu custo benefício é a palmeira pupunha. Também são cultivadas em menor escala as palmeiras real, imperial e algumas espécies híbridas.

A diversidade das espécies surge com as dificuldades e restrições inicialmente impostas ao corte da palmeira Euterpe Edulis (juçara). A partir daí entram em cena alternativas com menor impacto ambiental, como a palmeira real, palmeira imperial e a pupunha. “O mercado se ajusta com a demanda e nós precisamos levar o apoio técnico para os produtores”, diz Valério Schiochet, presidente da Fundação 25 de Julho.

Para fazer em casa

Rodela de Palmito Gratinada

300g de palmito rodela
50g de manteiga
10g de sal
Cebolinha verde

Modo de fazer: Derreter a manteiga, refogar as rodelas de palmito, aquecer bem em uma frigideira ou panela de ferro, depois salpicar o sal e a cebolinha verde. Feiro isto dispor o produto em um refratário, cobrir com a mussarela e levar ao forno já aquecido em 180 graus. Tirar do forno e servir. Se preferir pode ser usado molho de pimenta e servir com arroz branco. Elaboração: Chef Arnoldo Nehls.

Serviço:

3ª Festa Regional do Palmito Cultivado
Local: Sociedade Rio da Prata – SC 418, Km 7 – Pirabeiraba.
Data: 13 de março, domingo, a partir das 9 horas.
Quanto: Entrada R$ 10,00 - (a partir das 13h30); Estacionamento R$ 5,00.
Buffet: R$ 30,00 – Strudel: R$ 40,0 – Risoto R$ 35,00.

Nenhum comentário: