circulando na vila

Bem vindo a este espaço, que se propõe divulgar as principais notícias do Vila Nova e região. Participe, com sugestões, ideias, fotografias...

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Prefeitura concede descontos para quem pagar IPTU à vista

A Prefeitura de Joinville vai conceder duas faixas de desconto para quem optar em pagar o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) à vista. 

Os carnês de 2016 começam a ser distribuídos nesta semana e a oportunidade de pagar com 10% de desconto vence no dia 6 de janeiro. A segunda opção, com 8% de redução, vai até 11 de fevereiro.

Quem preferir pagar o imposto parcelado, sem direito a desconto, a data de vencimento da primeira parcela é o dia 6 de janeiro. Para não entrar em dívida ativa, as parcelas do IPTU 2015 ainda não quitadas podem ser pagas até o final do ano. 

A Secretaria da Fazenda preparou um esquema de atendimento diferenciado para os contribuintes que precisarem resolver problemas relativos ao imposto. 

Um posto avançado da Fazenda vai funcionar no Centreventos Cau Hansen entre os dias 5 de janeiro e 5 de fevereiro, das 8 às 17h30, com distribuição de senhas.

No local, além de sanar dúvidas e fazer requerimentos para revisão, isenção e imunidade, o contribuinte também poderá retirar o carnê 2016, caso não tenha recebido pelos Correios. Outras possibilidades para retirada do carnê para requerimentos é em uma das oito subprefeituras ou ainda pelo site https://prefeituradigital.joinville.sc.gov.br.

Reajuste pela inflação

O IPTU 2016 vem com reajuste de 9,93%, lançado com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – IPCA/IBGE acumulado no período de novembro de 2014 e outubro de 2015. 

Para 2016 serão impressos 228 mil carnês, 6% a mais que em 2015. Com este montante, o valor lançado alcança R$ 163 milhões, 11% a mais que o exercício anterior.

Em 2015, até o mês de outubro, a Prefeitura arrecadou R$ 107.258.841,96 com o IPTU.

A expectativa da Fazenda é manter estes números para 2016 e trabalhar para alcançar parcela dos inadimplentes. 

Nenhum comentário: