circulando na vila

Bem vindo a este espaço, que se propõe divulgar as principais notícias do Vila Nova e região. Participe, com sugestões, ideias, fotografias...

sábado, 28 de fevereiro de 2015

Acidente entre carro e moto na rua XV de Novembro

Um acidente envolvendo carro e motocicleta ocorreu neste sábado, por volta das 17h30, na rua XV de Novembro, esquina com a Marquês de Maricá. A motocicleta se preparava para sair da Marquês de Maricá para a rua XV quando o veículo que trafegava pela XV de Novembro convergiu à esquerda para entrar. O carro acabou atingindo a motocicleta, que era ocupada por um casal. O motoqueiro teve a perna atingida e precisou do socorro do Samu, enquanto a caroneira nada sofreu. A motorista do veículo também nada sofreu, além do susto. 

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Turismo rural pedagógico de Joinville retoma visitas com a volta às aulas

O Viva Ciranda, projeto de turismo rural pedagógico de Joinville, volta ao seu ritmo normal com o início do ano letivo nas escolas das redes pública e particular.

As 14 propriedades integrantes do projeto já estão com suas agendas disponíveis para que os colégios marquem suas visitas, nos períodos matutino e vespertinho.

O Viva Ciranda é um dos principais produtos turísticos de Joinville. Além do caráter pedagógico, representa uma fonte de renda para os produtores rurais e, principalmente, ajuda a impulsionar o turismo de toda a região”, afirma o presidente da Fundação Turística de Joinville, Raulino Esbiteskoki.

As propriedades participantes do Viva Ciranda estão distribuídas nas cinco regiões da área rural de Joinville – Piraí, Quiriri, Estrada Bonita, Estrada da Ilha e Estrada Dona Francisca.

Em cada local, o visitante conhece uma atividade diferente – cultivo de flores, apiário e produção de mel, nascentes de rios, criação de pequenos animais, horta orgânica, panificação, agricultura, entre outros.

Além disso, encontra diversas opções de lazer como trilhas ecológicas, passeios de trator e de charrete, balanço na árovre, casas na árvore, visitas a pomares e rios cristalinos, quiosques, além de degustação e venda de produtos coloniais. 

Renovação constante

Desde a sua criação, há cerca de cinco anos, o Viva Ciranda vem encantando crianças e adultos que têm a experiência de conhecer a vida no campo e vivenciar a rotina do agricultor.

Em contrapartida, o produtor rural ganha com a renda gerada pelo turismo, podendo investir constantemente em melhorias à sua propriedade.

O proprietário do Recanto das Arrozeiras, José Henrique Menestrina, integra o Viva Ciranda desde 2011. Desde então, a propriedade localizada no bairro Vila Nova, passou por mudanças a fim de conquistar os visitantes.

Todo ano temos uma coisa nova, um grande escorregador de lona é uma delas. Mas com ajuda das visitas também pudemos reformar o microtrator, colocar novas placas de sinalização e investir na manutenção geral da propriedade”, conta Menestrini.

No Sítio Vó Bia, em Pirabeiraba, o visitante tem contato direto com a exuberância da Mata Atlântica e da Serra do Mar. Como atrativos, a propriedade oferece trilha ecológica, parques rústicos, riacho para banho, bosque para meditação, além de espaço para futebol e vôlei.

De acordo com a proprietária, Miram Taranto, o Viva Ciranda ajudou a expandir o seu negócio.

Recebemos visitas de todos os segmentos, desde escolas, até empresas e instituições diversas. Essa demanda diversificada é muito positiva, pois viabiliza melhorias constantes, qualificação em geral e conscientização do espaço natural”, afirma Miriam.

As escolas que desejam levar seus alunos para o turismo rural pedagógico, podem fazer os agendamentos diretamente com as propriedades. Informações completas sobre os locais, com atrativos, endereço e telefone de contato estão disponíveis no link

https://fundacaoturistica.joinville.sc.gov.br/conteudo/29-Downloads.html (Projeto Viva Ciranda).

Fonte: Fundação Turística de Joinville

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Iluminação no binário do Vila Nova deve ser entregue no aniversário da cidade

A Prefeitura deve concluir até o dia 9 de março as obras de implantação da rede de iluminação pública nas ruas São Firmino e Leopoldo Beninca, que compõem o binário do Vila Nova. Os trabalhos de implantação do posteamento foram iniciados debaixo de chuva, no fim de semana do Carnaval. No total, serão 1.800 metros de extensão de rede, com 100 novos pontos de iluminação. O custo da obra está orçado em R$ 181.886.67.

Segundo o gerente Glaucus Folster, da Unidade de Transportes e Vias Públicas da Secretaria de Infraestrutura Urbana (Seinfra), a obra vai garantir mais segurança e conforto para motoristas, ciclistas e pedestres que utilizam a via. “Serão instaladas lâmpadas de 400 watts de mulitivapor (luz branca), iguais às existentes nas principais ruas do centro da cidade”, comentou.

Depois que foi inaugurado, o trecho do binário que compreende as ruas São Firmino e Leopoldo Beninca se transformou em local preferido para caminhadas no bairro Vila Nova. O problema era a falta de iluminação no período noturno. Andréia Vicente, moradora da região, comemora o início da obra. “Vai trazer mais segurança e tranquilidade para as pessoas do bairro”, disse.

Recuperação da manutenção do sistema

A manutenção da rede de iluminação pública em Joinville deve voltar à normalidade, com atendimento de chamados em 48 horas, a partir de março. A previsão, da Secretaria de Infraestrutura Urbana, ocorre após um período crítico, quando o serviço ficou paralisado por oito meses em função da judicialização do processo licitatório para contratação da empresa.

De acordo com relatório emitido pela empresa contratada pelo município, em pouco menos de três meses de trabalho foram realizadas 6.604 intervenções de manutenção em unidades de iluminação pública viárias. Atuando com cinco equipes, a projeção inicial de recuperação do sistema no prazo de 80 dias vem se confirmando e o atendimento de reclamações via ouvidoria começou a ser retomado gradativamente em janeiro de 2015.

“Mesmo passando por um período delicado, com um índice de pluviosidade elevado nos meses de verão, estamos progredindo com as manutenções do parque de iluminação pública”, disse Glaucus Folster, gerente da Unidade de Transportes e Vias Públicas da Secretaria de Infraestrutura Urbana (Seinfra).

Espaços públicos

A recuperação do sistema de iluminação pública nos espaços públicos, como praças e calçadas centrais atingiu 1.133 pontos no período de outubro a janeiro de 2015. No Parque da Cidade foram repostos 2.200 metros de cabos e instaladas caixas de passagem, de ligação, além da substituição de luminárias e lâmpadas.


Nas calçadas das avenidas Paulo Medeiros, Marcos Wehmuth e Aluísio Pires Condeixa a reposição de cabos foi de 7.200 metros. 

Foto: Rogério da Silva / Secom

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Prazo para pagamento do IPTU 2015 com desconto de 8% termina nesta sexta (13/02)

A Secretaria da Fazenda da Prefeitura de Joinville informa que termina nesta sexta-feira, 13/02, o prazo para pagamento do IPTU 2015 em parcela única com desconto de 8%. 

O pagamento pode ser feito em agências da Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Coopercred/Sicoob, ou em qualquer casa lotérica.

O primeiro desconto para o pagamento em parcela única foi de 10%, cujo vencimento foi em 7 de janeiro. O secretário da Fazenda, Nelson Corona, lembra que o desconto de 8% é um ótimo negócio do ponto de vista financeiro. 

“Quem avalia a rentabilidade do dinheiro ao longo do tempo sabe que é mais vantajoso ter o desconto agora que aplicar o dinheiro no mercado financeiro”, argumenta.

Também até o dia 13 de fevereiro, a Secretaria da Fazenda manterá o posto de atendimento do IPTU 2015 no Centreventos Cau Hansen. 

No local, com atendimento das 8 às 17h30, o contribuinte poderá solucionar dúvidas em relação ao tributo de 2015, solicitar segunda via do carnê e apresentar pedido de revisão ou isenção.

O posto no Cau Hansen está em funcionamento desde o dia 5 de janeiro. Até terça-feira passada (10/02), quase quatro mil pessoas foram atendidas, apresentando 1.621 pedidos de isenção, 1.498 pedidos de revisão e 696 solicitações de segunda via do carnê.

O mesmo serviço oferecido no Cau Hansen pode ser encontrado pelo contribuinte nas oito subprefeituras em diferentes regiões da cidade. 

Vários serviços podem ser feitos pela internet. Basta acessar o site da Prefeitura em www.joinville.sc.gov.br tendo em mãos o CPF do titular do imóvel e a inscrição imobiliária.

Fonte: Prefeitura de Joinville / Foto Rogério da Silva

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Polícia desativa explosivo em agência da Caixa no Vila Nova

A equipe do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) foi acionada na manhã desta terça-feira para desativar um artefato explosivo deixado em uma agência da Caixa Econômica Federal, no bairro Vila Nova, zona Oeste de Joinville. Segundo funcionários da empresa de segurança do banco, um cliente encontrou o artefato quando chegou para sacar dinheiro no início da manhã e chamou a polícia. 

Esta é a quarta vez que a agência é alvo de tentativa ou arrombamento por meio de explosivo. Como o artefato falhou, os bandidos não conseguiram roubar o dinheiro docaixa eletrônico. Eles utilizaram um pé de cabra para arrombar a porta e acessar os caixas. O artefato utilizado pelos bandidos não era uma banana de dinamite e sim um cartucho de emulsão explosiva, normalmente utilizado em pedreiras.

 
Foto: Salmo Duarte

O trânsito da rua 15 de novembro foi parado por poucos minutos, no meio da manhã, até que a bomba fosse desativada com segurança dentro da agência. O explosivo foi retirado do banco e levado para Florianópolis. A agência só deve abrir no período da tarde. APolícia Federal deve ficar responsável pela investigação do caso. 

Na madrugada, uma agencia do banco Santander, na rua Doutor João Colin, também foi alvo de arrombamento. Um dos caixas foi danificado com maçarico, mas os bandidos não conseguiram levar o dinheiro.

Fonte: Jornal A Notícia / Foto: Salmo Duarte

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

Bento da Rocha e Paulo Schneider serão primeiras ruas a receber recape de asfalto em 2015 no Vila Nova

Rua Paulo Schneider é uma das ruas a serem recapeadas 
O prefeito de Joinville Udo Döhler e o governador João Raimundo Colombo assinam nesta quinta-feira (5) o contrato de financiamento de R$ 4 milhões para a repavimentação de nove ruas da cidade, totalizando 8.669,15 metros de extensão. 


O recurso será liberado pela Agência de Fomento do Estado de Santa Catarina S/A (Badesc), através do Programa Juro Zero. Esse é o primeiro lote de um total de R$ 20 milhões de recursos que vai beneficiar 95 ruas. 

Garantido esse repasse, a Prefeitura de Joinville vai fazer as licitações para as contratações das empresas responsáveis pelas obras. Estão previstas as pavimentações das seguintes vias: 

- Adriano Schondemark (Costa e Silva) – trecho Benjamim Constant/Comdt. Paulo Serra - 795,40 metros
- Alceu Koentopp (América) – trecho Benjamin Constant/Timbó - 888,90 metros
- Arnaldo Moreira Douat (Floresta) – trecho São Roque/Tiradentes - 869,55 metros
- Bento Torquato da Rocha (Vila Nova) – trecho XV de Novembro até o final - 1.569 metros
- Comandante Paulo Serra (Costa e Silva) – trecho Alm. Jaceguay até a ponte - 409,60 metros
- Dona Elza Meinert (Costa e Silva) – trecho Benj. Constant/Alm.Jaceguay - 1.209 metros
- Farroupilha (Floresta) – trecho Santa Catarina até Copacabana - 1.083,85 metros
- Paulo Schneider (Vila Nova) – trecho XV de Novembro até o final - 1.071,35 metros
- São Roque (Floresta) – trecho Anita Garibaldi/Farroupilha - 772,50 metros

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Dois casos de Dengue confirmados no Vila Nova e em Pirabeiraba

A Secretaria Municipal de Saúde confirmou na manhã desta quarta-feira que há dois casos de dengue em Joinville, um no bairro Vila Nova e outro em Pirabeiraba.

Os dois pacientes são masculinos. Um de 20 anos e outro de 16. Ambos já foram medicados e terão alta ainda nesta quarta. Os dois contraíram a doença em Joinville. 

A Secretaria de Saúde chamou uma entrevista coletiva para às 14 horas para explicar a situação e a estratégia de combate à doença na cidade. 

Joinville chega aos 114 focos de reprodução do mosquito da dengue. Em janeiro foram 106 casos, somados a três novos identificados nos primeiros três dias de fevereiro. Dos 43 bairros da cidade, nove fazem parte da lista de locais onde existem criadouros do mosquito. 

Essas regiões foram visitadas pela Vigilância Ambiental, que mantém o Programa de Controle à Dengue para identificar os criadouros do transmissor da doença que causa náuseas, dores no corpo e febre alta. 

Em relação ao ano passado o número de focos mais que triplicou. Em janeiro de 2014, foram encontrados 30 pontos de reprodução do mosquito. De acordo com a coordenadora do Programa de Controle à Dengue Vanderli de Oliveira, água parada por "mais de cinco dias" já é um prato cheio para a criação do Aedes Aegypti. Por isso, para a gerente, "eliminar água parada" é a arma mais eficaz de combate "à mosquita", porque é fêmea quem dissemina o vírus. 

A região do Itaum, na Zona Sul da cidade, contabiliza o maior número de focos. Somente nesse bairro existem 79 pontos de reprodução do transmissor da dengue. Outro que exige cuidado é o Floresta, com 18 focos identificados. Vila Nova, Petrópolis, Glória, Costa e Silva, Nova Brasília, Anita Garibaldi e Zona Industrial também integram a lista de atenção do programa de controle.

Fonte: A Notícia (www.an.com.br)

terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

Alunos do CEI Sigelfrid Poffo serão remanejados para outras unidades

Os alunos matriculados no Centro de Educação Infantil Sigelfrid Poffo, no bairro Vila Nova, serão atendidos em outras unidades neste início de ano letivo. O motivo da mudança de local é a reforma na unidade, que iniciou em janeiro e deve levar pelo menos mais 60 dias para estar concluída. 

Conforme informação da Secretaria de Educação, nenhuma criança matriculada deixará de ser atendida neste período. Uma funcionária da secretaria foi destacada para atender no CEI no horário das 8 às 12 horas e explicar aos pais como vai funcionar o remanejamento. 

Para as famílias que têm condições de ficar com os filhos em casa o atendimento voltará ao normal após a reforma. Mas esta condição não é obrigatória. "Aqueles pais que não tiverem condições de ficar com os filhos serão atendidos em outras unidades no Vila Nova e no Costa e Silva no mesmo período em que estão matriculados", afirmou a gerente de educação Elizabeth Starancheck. 

A reforma do CEI Sigelfrid Poffo contempla as substituições de cobertura, forro, piso, revestimento cerâmico e esquadrias, além de pintura. O investimento será de R$ 520.854,24. A unidade de educação infantil está localizada na rua Alwin Passold, nº 7.

De acordo com o secretário Roque Mattei, os trabalhos que causam maior interferência, como as substituições da cobertura, forro e piso seriam realizados ainda no período de férias.

 "Há um cronograma de serviço para que a obra seja entregue dentro do prazo de três meses. Se necessário, a execução dos serviços será feita aos finais de semana", declara.

Com 25 anos de atividade, o CEI Sigelfrid Poffo (foto) atende cerca de 200 alunos. "É um prédio que já passou por uma ampliação, mas essa é a primeira grande obra que a unidade recebe", destaca o secretário.

Foto: Rogério da Silva

Sábado é dia D de Combate à dengue

O Dia D de Combate à dengue e à chikungunya em todo o País está marcado para o próximo sábado (7). Apesar da queda de 59% nos casos de dengue e 40% nas mortes provocadas pela doença no Brasil no ano passado, o Ministério da Saúde pede à população que reforce as medidas de prevenção.
Qualquer recipiente que acumule água parada pode ser um criadouro dos mosquitos transmissores. Estar sempre alerta para eliminar possíveis focos dos mosquitos que transmitem a dengue e a febre chikungunya é importante para que os números de casos e mortes continuem caindo no País.
O ministro da Saúde, Arthur Chioro, reforça que todos os brasileiros devem participar dessa grande mobilização. "Faltam cinco dias para o Dia D de mobilização contra a dengue e chikungunya. Vamos todos estar juntos neste sábado, dia sete de fevereiro, participando de uma grande mobilização nacional de combate ao mosquito transmissor. Seja um exemplo para a sua comunidade. Chame seu vizinho, seus amigos, sua família e mostre para eles que na sua casa todos já fazem parte dessa grande corrente de prevenção."
A relações públicas Morgana Viott adotou as medidas de combate à dengue e chikungunya. Ela lembra que se as pessoas não ficarem atentas, toda a comunidade corre o risco de contrair essas doenças.
"Bom, eu moro em apartamento, mas eu tenho muitas plantas em casa. Então, normalmente eu não deixo água acumulada. Quando eu rego as minhas plantinhas, eu evito deixar excesso de água. Eu sempre retiro, então, essa água que fica acumulada lá. E no meu condomínio eu observo, também, que a equipe de limpeza está sempre cuidando para não deixar garrafa solta, latinha, eles sempre recolhendo entulho, esses lixos que ficam para também não acumular água. E é por isso que no nosso condomínio, eles são tão rígidos com relação à organização e limpeza do ambiente, para não só a mim, mas toda a vizinhança estar protegida."
Para aumentar a vigilância, prevenção e controle de chikungunya e dengue, o Ministério da Saúde repassou em janeiro mais R$ 150 milhões a todos os estados e municípios.
Para o próximo sábado (7) , Dia D de mobilização contra as duas doenças, o Ministério convoca estados e municípios para mutirões de limpeza urbana e atividades de alerta aos profissionais de saúde para o diagnóstico correto das doenças.
Para evitar a transmissão dos vírus da dengue e chikungunya é fundamental que a população verifique se a caixa d' água está bem fechada, não acumule vasilhames no quintal, não deixe calhas entupidas e coloque areia nos pratos dos vasos de plantas, entre outras iniciativas.
Fonte: ww.brasil.gov.br/saude

Artigo: Revisão do valor do IPTU

REVISÃO DO VALOR DO IPTU/2015

Já a partir do início de dezembro de 2014, a Prefeitura Municipal de Joinville enviou, às residências cadastradas em seu sistema, os carnês de IPTU/2015 – Imposto Predial e Territorial - tendo sido tal imposto reajustado em 6,59%, correspondendo à inflação dos últimos 12 meses. O primeiro prazo para pagamento único e com desconto de 10% ocorrera no último dia 07 do corrente mês e o segundo, com desconto de 8%, encerra em 13/02/2015.
Na contracapa do carnê, em destaque, é informado que os pedidos de revisão devem ser protocolados (pessoalmente ou na internet) até o dia 13 de fevereiro de 2015, juntando para isso o requerimento com laudo de avaliação fundamentado.

A Lei Complementar Municipal sob n° 389, de 27/09/2013, dispõe sobre a metodologia para o cálculo do valor do IPTU no Município de Joinville, implementando alíquotas diferenciadas. A base de sustentação e informação acerca dos terrenos advém da Planta Genérica de Valores (Lei Complementar n° 197, de 21/12/2005), elaborada por comissão de profissionais ligados ao mercado imobiliário. Ainda do Cadastro Técnico Multifinalitário se extraem as informações das edificações e benfeitorias erigidas sobre o terreno. Tudo isso permite calcular os impostos como ITBI – Impostos de Transmissão de Bens Imóveis – e IPTU.

Vez por outra, a planta de valores e o cadastro técnico municipal, por serem “genéricos” não conseguem absorver e acompanhar todas as informações dinâmicas que o imóvel sofre no tempo, provocando disparidades entre as informações contidas nessas fontes, provocando desequilíbrios nas alíquotas e nos fatores utilizados, podendo tanto elevar quanto reduzir o valor dos referidos impostos.   

Inúmeros motivos levam à desatualização do cadastro técnico municipal, tais como desmembramentos, unificações, alterações da área edificada, vocação do imóvel, terreno baldio ou não, cobrança em duplicidade da COSIP, presença ou ausência de calçada e meio-fio, aspectos da topografia, pedologia (ocorrência de alagamentos) etc, além de erros no lançamento das informações no cadastro.

A VERSAL Engenharia e Consultoria Ltda., possui amplo expertise em Avaliações de Imóveis Urbanos e Rurais e vem frequentemente atuando nas revisões dos impostos como IPTU e ITBI na esfera administrativa e judicial. Além disso, executa demais atividades relacionadas à obtenção do valor comercial da propriedade. Possui um corpo técnico formado por engenheiros e arquitetos legalmente habilitados nas respetivas áreas do saber e com familiaridade no manuseio das normas técnicas da ABNT.

Ainda, através de seu amplo banco de dados, Softwares e tecnologia de pesquisa imobiliária a Engenharia de Avaliações tratada pela VERSAL busca subsidiar tomadas de decisões nas seguintes áreas e operações:

·         Revisões e atualizações nos impostos prediais, territoriais, de transmissão e laudêmios;
·         Balanços patrimoniais;
·         Separações ou cisões de empresa;
·         Desapropriações e servidões administrativas;
·         Transações de compra, venda, permuta e locação;
·         Decisões judiciais.

            Portanto, havendo dúvidas ou elementos que levem ao desequilíbrio de informações e que possam estar causando distorções nos valores dos impostos ou mesmo à busca do valor comercial do bem imóvel para outras finalidades, a VERSAL Engenharia e Consultoria Ltda., poderá ser consultada.

VERSAL ENGENHARIA E CONSULTORIA LTDA.

47-3028-9929