circulando na vila

Bem vindo a este espaço, que se propõe divulgar as principais notícias do Vila Nova e região. Participe, com sugestões, ideias, fotografias...

sábado, 31 de maio de 2014

Polícia apreende 2 mil maços de cigarro em casa na Rodovia do Arroz

A Polícia Militar apreendeu 2 mil maços de cigarro na tarde desta sexta-feira (30), em Joinville. A apreensão aconteceu após uma denúncia recebida pela Agência de Inteligência do 8º BPM (Batalhão de Polícia Militar), os policiais militares foram até uma casa na SC-108 conhecida como Rodovia do Arroz.

Um casal que estava no local foi preso. Os policiais militares também encontraram uma espingarda calibre 28 com várias munições intactas. Os dois suspeitos e o material foram levados para a Delegacia da Polícia Federal.

Fonte: Notícias do Dia. Foto Divulgação Polícia Militar

quarta-feira, 28 de maio de 2014

Fundamas e Senac oferecem mais seis cursos gratuitos

A Fundação Municipal Albano Schmidt (Fundamas), responsável pela coordenação do programa Universidade do Trabalhador (Unit), por meio de uma série de parceiros, oferece uma grande variedade de cursos para a população de Joinville, sendo um de seus parceiros, o Senac.

O Senac está com vagas abertas para cursos na modalidade à distância para as áreas de: Operador de Caixa, Vendedor, Camareira em Meios de Hospedagem, Garçom básico, Governança em Meios de Hospedagem, Maitre e Recepcionista em Meios de Hospedagem.

Os cursos são 100% gratuitos. As matrículas poderão ser realizadas até esta quinta-feira (29/5) nos centros da Fundamas ou no próprio Senac:

Locais: Centro XV (Glória) – 3453 2555, Cesavi (Iririu) – 3427 1828, Casa Brasil Norte (Jardim Iririu) – 3467 9147, CESPI (Pirabeiraba) – 3424 1633 e Cesita (Itaum) – 3436 0033.

Os cursos serão ministrados na sede do Senac. Para mais detalhes como descrição do curso, horários, requisitos do sistema e critérios podem ser acessados no site da fundamas: www.fundamas.com.br 

Fonte: Prefeitura de Joinville

Produtores de palmáceas participam de curso em Pirabeiraba

Produtores se reuniram na Fundação 25 de Julho
Um grupo de 30 agricultores participa nesta quarta-feira da capacitação em manejo de sementes e mudas de palmáceas. O evento, realizado em Pirabeiraba, é promovido pela Fundação 25 de Julho em parceria com a Epagri. O objetivo do encontro é de disseminar informações para produtores que estão há pouco tempo no negócio e para aqueles que querem aperfeiçoar as técnicas de cultivo.

Na primeira palestra do dia, a técnica da Epagri Terezinha Heck Schallenberger falou sobre sementes, embalagens, mudas, substrato e adubação da pupunha, cultura mais popular na região de Joinville. “Para o cultivo ter bons resultados são necessárias algumas condições específicas, como solos arenosos, bem drenados, com temperatura média anual de 22 graus”, explicou. Além disso, alguns cuidados com o clima são importantes. “A pupunha é uma espécie que não tolera geadas”, adianta. A cultura apresenta maior sensibilidade à geada na fase de formação de lavoura, isto é, desde a fase de viveiro até completar um ano de campo aproximadamente.

No manejo de sementes, o cuidado deve ser com o produto adquirido de terceiros. “Antes de serem semeadas, devem ser imersas em água limpa para reidratação durante um dia, descartando aquelas que flutuarem”, ensina. Para garantir melhor produtividade, a orientação é distribuir as sementes deixando cinco centímetros entre si, e na profundidade de 2 a 3 cm ( 400 sementes / metro quadrado. A germinação inicia-se a partir de 40 dias podendo ir até 5 meses.

O segundo assunto do dia - manejo de pragas e doenças - foi abordado pelo engenheiro agrônomo Alexandre Visconti, também da Epagri. O principal problema nesta área ainda é a falta de um fungicida registrado para o combate das pragas. “Por isso, o que apresentamos aos agricultores hoje são técnicas alternativas através do manejo”, explicou. Uma destas técnicas, a solarização do substrato (terra preparada para o plantio da semente) foi praticada pelos participantes no pátio da Fundação 25 de Julho. “Trata-se de uma técnica para aquecer a 70 graus o substrato, eliminando os principais agentes causadores de doenças”, disse Visconti.

No período da tarde, Aloísio Krüger, que há cinco anos produz mudas e sementes de palmáceas, abre sua propriedade para que os demais agricultores visualizem as práticas de manejo. Presente na capacitação, Krüger disse que o evento é uma boa oportunidade para a troca de experiências e para melhorar a qualidade na produção. Já o produtor Gervásio Burig, de Pirabeiraba, citou a necessidade de mais técnicos da Epagri e da Fundação 25 de Julho para ajudar os produtores, “principalmente especializados no manejo da pupunha”, complementou.

Produção de palmáceas

A região Norte de Santa Catarina é uma das mais fortes produtoras de palmeiras cultivadas. O clima de calor com muitas chuvas beneficia a cultura. “Por ser uma espécie nativa da região amazônica, onde há muito sol e chuva, as palmeiras encontram um clima bastante favorável na região de Joinville e municípios vizinhos”, disse Alexandre Visconti.

Na avaliação da Epagri, o cultivo de palmeiras para consumo de palmito ganha cada vez mais espaço entre as culturas de produção agrícola. Mais de três mil produtores rurais do litoral Norte catarinense têm na produção de palmeiras parte de sua renda. Onévio Zabot, gerente da Epagri em Joinville afirma que em algumas cidades, como Massaranduba, por exemplo, a cultura já ultrapassou a produção de bananas em área plantada. “A produção de palmito é uma grata surpresa para nós e hoje é uma cultura que cresce em média 10% ao ano”, comenta. 

terça-feira, 27 de maio de 2014

Fundação 25 de Julho e Epagri promovem treinamento para produtores de palmáceas



Proposta é capacitar produtores de mudas de palmeiras
A Fundação 25 de Julho em parceria com a Empresa de Pesquisa Agropecuária de Santa Catarina (Epagri) promovem nesta quarta-feira (28), em sua sede, treinamento para produtores de palmáceas. O curso tem ênfase no manejo de viveiros de produção de mudas e prevê visita a campo para conhecer as práticas desenvolvidas em Joinville. As vagas são limitadas a 30 participantes e as palestras ocorrem das 8 às 11h30 com o espaço da tarde destinado à visita externa. O encontro encerra às 16 horas.

Segundo Valério Schiochet, presidente da Fundação 25 de Julho, a proposta do treinamento é capacitar agricultores para a produção de mudas de palmeiras para palmito, a fim de atender a demanda de mercado. “Por ocasião da Festa do Palmito realizada neste ano foi possível verificar que a cultura tem grandes possibilidades de expansão na cidade e região”, avaliou.  

O cultivo de palmeiras para consumo de palmito ganha cada vez mais espaço entre as culturas de produção agrícola. Mais de três mil produtores rurais do litoral norte catarinense têm na produção de palmeiras parte de sua renda. Onévio Zabot, gerente da Epagri em Joinville afirma que em algumas cidades, como Massaranduba, por exemplo, a cultura já ultrapassou a produção de bananas em área plantada. “A produção de palmito é uma grata surpresa para nós e hoje é uma cultura que cresce em média 10% ao ano”, comenta.

A diversidade das espécies surge com as dificuldades e restrições inicialmente impostas ao corte da palmeira Euterpe Edulis (juçara). A partir daí entram em cena alternativas com menor impacto ambiental, como a palmeira real, palmeira imperial e a pupunha. “O mercado se ajusta com a demanda e nós precisamos levar o apoio técnico para os produtores”, diz Valério Schiochet, presidente da Fundação 25 de Julho.

Na propriedade de Aluísio Krüger, especialista na produção de sementes de palmáceas, predominam as mudas de pupunha, cujas sementes são importadas do norte do País. “Mas também há produção de mudas de palmeiras juçara, real, imperial e as híbridas”, explicou Ricardo Werner Plothow, gerente da Fundação 25 de Julho. 

Programação

8h00: Abertura
8h30: Palestra: Sementes, embalagens, mudas, substrato/ adubação – Palestrante: Terezinha Heck Schallenberger - Epagri
9h30: Intervalo
10h00: Palestra: Manejo de pragas e doenças- Palestrante: Alexandre Visconti- Engenheiro Agrônomo - Epagri
12h00: Almoço
13h00: Aula prática no viveiro da FMDR 25 Julho – Palestrante: Alexandre Visconti
14h00: Visita ao produtor de viveiro de mudas da região – Aluísio Krüger
16h00: Encerramento

Vagas limitadas: 30
Valor da inscrição: R$ 15,00 (coffebreak + almoço)

Foto: Rogério da Silva / SECOM

segunda-feira, 26 de maio de 2014

Assembleia da AMARXV aborda segurança no bairro

Policiais militares participaram da reunião com moradores
A Assembleia geral ordinária realizada pela Associação de Moradores do Alto da Rua XV de Novembro na noite desta segunda-feira, na escola Bernardo Tank, abordou o tema segurança no bairro. Foram convidados o comandante da base da Polícia Militar do bairro, sargento Floriano, e o soldado Rolf, que trabalha com o Proerd (Programa para Prevenção de Drogas). Em sua fala, o soldado Rolf adiantou que pretende realizar curso, em paralelo com sua atuação como policial, para ensinar a população a se prevenir contra marginais. "São algumas dicas que podem fazer a diferença e muitas pessoas não sabem", adianta. 

O sargento Floriano falou sobre os índices de criminalidade na região, citou que alguns pichadores foram identificados e abordados, inclusive com o chamamento dos pais. Perguntado pelo presidente da Amarxv sobre as câmeras de vigilância que seriam instaladas no bairro, Floriano mencionou reunião que participou com a Associação dos Conselhos de Segurança de Joinville. "Nos disseram que as câmeras ainda não foram compradas", afirmou. Como alternativa para minimizar a criminalidade incentivou a comunidade a participar de programas comunitários de segurança, como o televizinho e as denúncias de veículos e pessoas estranhas que circulam nas áreas residenciais. "É importante que as informações cheguem até a polícia para que possam ser investigadas e os marginais interceptados", disse.

Saúde estimula hábitos saudáveis em nova campanha

Melhorar a qualidade de vida em 10 passos. É isso que pretende a campanha de conscientização para hábitos saudáveis, da Secretaria de Saúde de Joinville em parceria com a Coordenação Geral da Política de Alimentação e Nutrição, do Governo Federal. 

Além da internet, a campanha será veiculada na TV, no rádio e nos meios impressos. São dicas simples e de extrema importância. Por exemplo, diminuir a quantidade de sal nos alimentos, adotar a prática de atividades físicas (30 min, de três a cinco vezes na semana), evitar o consumo de produtos industrializados e fazer, de preferência, três refeições ao dia. 

As dicas incentivam o comportamento preventivo, a fim de diminuir os riscos de doenças com altos índices de morte no Brasil, como pressão alta e diabetes. Por isso, o foco numa alimentação equilibrada, rica em frutas, verduras e vegetais. 

O material foi dividido em seis grupos: gestantes, crianças pequenas, crianças, adolescentes, adultos e idosos. Para mais informações, basta acessar o link: http://saude.joinville.sc.gov.br/conteudo/62-Habitos+Saudaveis.html

sábado, 24 de maio de 2014

Rua XV tem trecho interditado neste fim de semana

 A Companhia Águas de Joinville informa que, por causa de obras de saneamento na rua Quinze de Novembro, no bairro Glória, haverá interdição de um trecho da via neste fim de semana.

A obra ocorrerá no sábado e domingo, dias 24 e 25 de maio, das 7 às 22 horas, entre a avenida Marquês de Olinda e rua Evaristo da Veiga (em frente ao restaurante Glória), trecho que estará interditado. Os veículos deverão fazer o desvio pela rua Evaristo da Veiga, contornando o canteiro. 

Serviço:
Interdição da rua Quinze de Novembro, em frente ao restaurante Glória
Período: sábado e domingo, 24 e 25 de maio – das 7 às 22 horas 

Fonte: Prefeitura de Joinville

quarta-feira, 21 de maio de 2014

Programação no Sesc Comunidade no Vila Nova



Caratê é uma das atividades promovidas no Sesc
O Sesc Comunidade no Vila Nova divulga seu calendário de atividades. Todas as ações são oferecidas para os moradores de forma gratuita. Basta comparecer na secretaria do Sesc para se informar sobre as inscrições. O Sesc fica na rua Alvin Pasold, s/n, ao lado da Subprefeitura Vila Nova. O horário de atendimento é das 8 às 22 horas, fone 3434-6991.

Confira abaixo a programação:

Karatê Shotokan

*Segundas e quartas das 8:30 ás 9:30.



Karatê Tradicional

*Terças e quintas das 19:00 as 19:30 para crianças até 10 anos;

*Terças e quintas das 19:30 as 20:30 para maiores até 16 anos;



Futsal

*Segundas e Quartas das 9:30 as 11:30



Basquetebol

*Segundas, Quartas e Sextas das 13:30as 15:00



Aulas de Hip Hop

*Segundas e Quartas das 17:30 as 19:00



Handebol

*Terças e quintas das 10:00 as 11:30

*Segundas e terças das 16:00 as 17:00



Tênis de Mesa

*Quartas e sextas das 15:30 as 17:00



Dança

*Quinta-feira das 15:00 as 16:30

Fonte: Sesc Comunidade Vila Nova.

terça-feira, 20 de maio de 2014

Funcionamento na educação e saúde com a greve dos servidores



O atendimento aos alunos nas escolas e CEIs da rede municipal está mantido, mesmo com a falta de professores por conta da greve. A orientação da Secretaria de Educação é de que os alunos sejam recebidos, e, em nenhuma delas ocorreu dispensa. Os professores que cumprem o horário de trabalho estão atendendo, de forma adaptada, as salas com professores ausentes, e os supervisores também foram designados a atenderem as salas que estiverem sem o educador.

Em decorrência da greve em Unidades Básicas de Saúde, os Pronto Atendimentos Norte, Leste e Sul estão absorvendo a demanda e estão com o quadro médico completo. Porém, a prioridade é para os casos de urgência e emergência, de acordo com a classificação de risco do Protocolo de Manchester.

Mesmo assim, a orientação é de que todos os que procuram os PAs passem pela classificação (ver abaixo), sendo os casos pouco ou não urgentes orientados a aguardarem ou retornarem em outro dia.

A atenção prioritária é para pessoas identificadas com as cores vermelho, laranja e amarelo, com risco de morte, que apresentarem alteração de sinais vitais ou pressão arterial, cólica renal, dificuldade respiratória, dor intensa.

Classificação de risco de acordo com o Protocolo da Manchester

Vermelho: emergência – caso gravíssimo, risco de morte.
Laranja: muito urgente – caso grave, risco significativo.
Amarelo: urgente – caso de gravidade moderada, sem risco imediato.
Verde: pouco urgente – caso para atendimento preferencial, atenção primária.
Azul: não urgente – caso para atendimento na unidade de saúde, pode aguardar atendimento. 

Fonte: Prefeitura de Joinville

segunda-feira, 19 de maio de 2014

Deficientes físicos recebem doação de alimentos


Elpídio Zimmermann entrega doação para Elói Moloies

Mais de 60 pessoas participaram no domingo do encontro dos deficientes físicos promovido por Elói Moloies em sua chácara na Estrada do Salto I, região rural do bairro Vila Nova. O evento é realizado há oito anos, uma vez por mês. No local, pessoas de diversos bairros da cidade conversam, jogam dominó, apreciam a natureza exuberante aos pés da cachoeira do Piraí. 

Ao meio-dia, depois de alguns momentos de reflexão, cânticos e testemunhos, foi servido o almoço à base de feijoada. Na parte da tarde, café com doces e mais entretenimento, até por volta das 17 horas, quando o transporte especial chega para levar cada um para suas casas. 

Toda alimentação servida durante os encontros é fruto de doações e da própria agricultura existente na propriedade de Elói. Neste domingo, o grupo foi agraciado com a doação de alimentos levada pelo vice-presidente do Conselho das Associações do Vila Nova – Cavin, Elpídio Zimmermann. Os alimentos foram recebidos em evento de rock promovido por integrante família Zimmermann e outras partes dos donativos serão distribuídas para outras entidades beneficentes.