circulando na vila

Bem vindo a este espaço, que se propõe divulgar as principais notícias do Vila Nova e região. Participe, com sugestões, ideias, fotografias...

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Vila Nova no cenário municipal


O anúncio da aprovação de financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), de 140 milhões de dólares para obras em Joinville pode colocar o Vila Nova em posição de destaque no âmbito municipal neste ano de 2014. Na descrição do Projeto Viva Cidade II, que elenca as obras a serem executadas e os recursos necessários, constam como carro-chefe a macro e microdrenagem e a preservação ambiental com a construção de um grande parque na região rural do Vila Nova.

Na microdrenagem as regiões de abrangência são ruas do bairro Vila Nova, que devem receber recursos também para a pavimentação, conforme descrito no projeto veiculado na imprensa. O grande problema, ou desculpa, para tão poucas ruas asfaltadas no bairro sempre foi a dificuldade de drenagem e a falta de recursos. Nesse sentido os recursos do BID caem como uma luva e agora não há como as obras não saírem do papel.

O parque ambiental, que tem recursos iniciais projetados de R$ 4 milhões, tinha como objeto o já denominado Parque Rolf Colin, localizado no entorno dos mananciais do rio Piraí, na Estrada Motucas. A fragilidade ambiental existente na região fez com que a Prefeitura optasse por outro local, na Rodovia do Arroz, junto à antiga Pedreira do XV. É uma área inicial de 220 mil metros quadrados e que deve chegar a 1,245 milhão de metros quadrados.

Com todas estas ações saindo do papel e o Estado concluindo o binário do Vila Nova o bairro poderá enfim ser reconhecido como importante polo do turismo rural e ambiental e, principalmente, contar com infraestrutura decente para receber a quantidade de pessoas que devem transitar por suas ruas em função do Parque.

Texto publicado na página 2 do Jornal Notícias da Vila.

Um comentário:

Tarciso Jannig disse...

Essa é a oportunidade para resolvermos de uma vez por todas com a invasão descontrolada de pessoas com muito pouca informação nos nossos Rios aos finais de semana...