circulando na vila

Bem vindo a este espaço, que se propõe divulgar as principais notícias do Vila Nova e região. Participe, com sugestões, ideias, fotografias...

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Prefeito recebe lideranças do bairro para falar sobre o binário

Prefeito atendeu lideranças do bairro Vila Nova
Numa reunião que contou com a presença das principais lideranças comunitárias do Vila Nova, o prefeito Udo Döhler ouviu na manhã desta quinta-feira as principais reivindicações sobre as obras do binário, que será inaugurado dia 9 de março, no aniversário da cidade. 

Além do prefeito, participaram a secretária da Subprefeitura da Região Oeste, Elenita Ramos de Souza, o engenheiro Cesar Franco, da Infrasul, empreiteira que executa a obra, presidente do Conselho das Associações do Vila Nova, Adilson Girardi, presidentes e representantes de associações de moradores.  

No documento entregue para o prefeito e para o engenheiro da Infrasul, o Cavin descreveu em 11 pontos os principais problemas levantados pela comunidade em relação à obra. A principal delas, a elevação da ponte sobre o rio Águas Vermelhas, ficará para depois da inauguração. "É uma obra que depende de projetos e por isso deve levar em média um ano para ser realizada. Não tem sentido fazer a comunidade esperar mais esse tempo para ter o trânsito melhorado com o binário", disse o prefeito.

Outras preocupações abordadas foram o acesso ao binário pela Rodovia do Arroz, a pavimentação de ruas transversais, a drenagem, a abertura de vias de acesso e a repaginação da rua XV de Novembro no trecho que a via será mão única. 

Abaixo, os itens abordados em ofício entregue à Prefeitura e ao Deinfra e as respostas da Prefeitura sobre os assuntos.

1-    Esclarecer como será o acesso para o binário em seu início, na Rodovia do Arroz e considerar a existência de um conjunto de 600 apartamentos localizado praticamente na entrada da via, cujos moradores, somados a outros tantos da região, devem utilizar o acesso durante todo o dia e massivamente nos horários de pico. 
- Prefeitura e Infrasul irão fazer estudo de impacto para verificar necessidade de alteração do trajeto.

2-    Apontar as melhorias que serão realizadas nas ruas transversais que farão a ligação entre a rua XV de Novembro e as ruas São Firmino e Leopoldo Beninca. As vias que precisam de pavimentação, devido ao aumento de fluxo que vai ocorrer, são: Hermínia Penski, Maria Santa Correa, Carlos Vitor Hardt, Francisco Moser, Marcos João Serafim e Olívio Menestrina.
- Prefeito pediu à Subprefeitura e ao Cavin a listagem das ruas prioritárias para pavimentação no bairro.

3-    Intensificar a sinalização no cruzamento da rua São Firmino com a rua Márcio Luckow, onde está localizada a Escola Karin Barkemeyer e fechar a rua Renato Scheunemann, no trecho nos fundos da escola, para que seja feita a saída de alunos pelos fundos do binário (já existe pedido neste sentido na Secretaria de Administração e no Ippuj).
- Prefeitura concordou em fechar a rua nos fundos da escola. Sinalização será reforçada.

4-    Elevar a altura da ponte sobre o rio Águas Vermelhas, conforme já definido em reunião entre Deinfra e Prefeitura, ANTES de inaugurar a obra.
- Será executada a obra até o início de 2015. Binário será inaugurado em 9 de março. Como paliativo, serão colocados tubos de 1,5 metro nas duas cabeceiras, aumentando a capacidade de vazão das águas.

5-    Fazer a ligação de pelos menos duas ruas com o binário, no trecho compreendido entre a rua Bento Torquato da Rocha e a saída do binário na rua XV (trecho de aprox. 1 km sem acessos).
- Prefeito concordou e solicitou à assessoria para providenciar a desapropriação necessária para executar as ligações.

6-    Melhorar o sistema de drenagem no trecho da rua XV de Novembro entre o viaduto da BR 101 e o acesso ao binário na rua Leopoldo Beninca (nas chuvas deste ano vários trechos, onde nunca parou água, ficaram alagados).
- Engenheiro da Infrasul disse que a drenagem ainda não está ligada, por isso os alagamentos. Obras de drenagem serão concluídas nos próximos dias.

7-    Remanejar os postes de energia elétrica que estão no meio do caminho da via (um deles está praticamente no meio da rua, em frente à Eletrosul).
- Celesc já está executando as obras.

8-    Implantar ciclovias na rua XV de Novembro e na rua Leopoldo Beninca e São Firmino.
- De acordo com Infrasul, haverá ciclovia na rua XV a partir da curva da Eletrosul. Deste ponto até o viaduto haverá espaço compartilhado. Nas ruas São Firmino e Leopoldo Beninca haverá ciclovia em toda extensão.

9-    Reforçar a sinalização na Rodovia do Arroz para que os veículos que queiram ir para a BR 101 sigam pela rodovia e não entrem no bairro.
- Será executada antes de inaugurar a obra.

10-  Denominar toda a extensão do binário como rua Leopoldo Beninca.
- Prefeitura vai analisar, mas é assunto simples de resolver segundo o prefeito.

11- Informar quando a Prefeitura vai repaginar (calçadas, faixas, sinalização, arborização) a rua XV de Novembro, no trecho que terá sentido único centro-bairro. 
- Prefeitura vai executar, mas não há prazo definido.

Nenhum comentário: