circulando na vila

Bem vindo a este espaço, que se propõe divulgar as principais notícias do Vila Nova e região. Participe, com sugestões, ideias, fotografias...

sexta-feira, 29 de março de 2013

Empresário reage a assalto e leva três tiros no Vila Nova


Este foi o segundo assalto registrado na lotérica
Dois jovens balearam um empresário durante uma tentativa de assalto a uma agência lotérica, na zona Oeste de Joinville. O crime aconteceu no início da noite desta quinta-feira (28), na rua Paulo Schneider, no bairro Vila Nova.


Eram 19h30, quando Luiz Carlos de Oliveira, 49 anos, e duas funcionárias fechavam a agência. Eles foram abordados por dois rapazes. A dupla chegou a pé e anunciou o roubo. O empresário reagiu e foi para cima de um dos assaltantes. O outro revidou e acertou três tiros em Luiz. As balas atingiram o peito e a barriga do dono do estabelecimento comercial.

Luiz Oliveira foi socorrido pelos paramédicos da Polícia Militar e levado em estado grave para o Hospital Municipal São José. As duas funcionárias não ficaram feridas. Os bandidos conseguiram fugir, mas deixaram para traz um telefone celular. A Polícia Milita foi chamada, mas até as 22h desta quinta ainda não havia localizado os assaltantes. Este foi o segundo assalto registrado nesta lotérica.

Fonte: Notícias do Dia / Foto: Windson Prado

3 comentários:

Marcos Roberto disse...

+ 1 contribuinte assaltado (outra vez)!
Isso é fruto da falta de penalidades ou seja, bandido pode fazer o que quiser, que não acontecerá nada! ou quando acontece a pena é muito branda e aparece vários órgãos pra defender o bandido...

INFELIZMENTE e enquanto não mudarem nossa legislação que foi redigida e é mantida por bandidos do legislativo, nós contribuinte não teremos sossego.

O jeito é viver à mercê da própria sorte enquanto estivermos nessa terra de corrupção e impunidade.

Sem mais.
Marcos.

Anônimo disse...

por favor atentar para a língua portuguesa. Não é "de a pé" e sim "a pé".

Adilson Girardi disse...

Ok. O texto é do Notícias do Dia, mas erramos ao não revisar.
Obrigado.