circulando na vila

Bem vindo a este espaço, que se propõe divulgar as principais notícias do Vila Nova e região. Participe, com sugestões, ideias, fotografias...

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Moradores prestigiam reunião da AMARXV


Mais de 50 pessoas participaram da assembleia ordinária realizada pela Associação de Moradores do Alto da Rua XV na sede da Sociedade Palmeiras, dia 29 de outubro. Na pauta, apresentação de serviço de assistência médica domiciliar, pela empresa Essencial Emergências; discussão sobre a permanência da Polícia Militar no Vila Nova; esclarecimentos a respeito das linhas de ônibus no bairro e discussão sobre o trânsito na rua Catarina Baumer.
Falando em nome da Polícia Militar, o Major Antônio, subcomandante do 8º BPM, disse que não há intenção de sair do bairro. O que existe de concreto é a intenção da PM de mudar o local da sede, hoje instalada no Parque XV de Novembro. “O ideal seria estarmos no corredor comercial do bairro, que é a rua XV”, disse o Major. O subcomandante comentou que há intenção de mudar a base para espaço junto ao Terminal de Ônibus.
Sobre as linhas de ônibus, o fiscal da Prefeitura Giovani Gilberto esclareceu as dúvidas dos moradores em relação aos horários e disse que o setor vai estudar a possibilidade de implantar a linha Vila Nova - Univille, como linha direta para estudantes. Outro pedido feito pelo jornalista Adilson Girardi foi em favor da comunidade do Anaburgo, que solicitou que a linha daquele local volte a passar pela rua XV de Novembro. O fiscal da Prefeitura ficou de verificar a possibilidade e vai informar a associação na próxima semana.
Um assunto que por enquanto não encontrou consenso foi a tentativa de transformar o trânsito da Rua Catarina Baumer em mão única, sentido loteamento - Rodovia do Arroz. Houve divergência de opiniões entre os participares da reunião e o assunto voltará a ser discutido em conjunto com técnicos da Prefeitura.
As reuniões da AMARXV ocorrem sempre na última segunda-feira de cada mês, tendo como local a Sociedade Palmeiras.

Nenhum comentário: