circulando na vila

Bem vindo a este espaço, que se propõe divulgar as principais notícias do Vila Nova e região. Participe, com sugestões, ideias, fotografias...

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Reunião da AMARXV discute transporte coletivo no bairro

Diretores da AMARXV ouvem representante da Seinfra
A Associação de Moradores do Alto da Rua XV - AMARXV, realizou assembleia geral ordinária na noite desta segunda-feira para discutir os problemas do transporte coletivo no bairro Vila Nova. A reunião contou com a presença do sr. Arnaldo, da Secretaria de Infraestrutura Urbana, que esclareceu  a comunidade a respeito das questões apontadas. Um dos assuntos que gerou debate foi a retirada ou transferência do ponto de ônibus localizado em frente a Igreja Católica, no final da rua XV de Novembro. Segundo alguns moradores, a proximidade do ponto com o semáforo e com a Rodovia do Arroz seria o causador de muitos acidentes no local. Representantes da Associação de Moradores irão avaliar junto aos moradores próximos a possibilidade de transferência do ponto. A medida é paliativa, uma vez que com a inauguração do binário o ponto sairá daquele local. Outro assunto discutido foi a possibilidade de liberar uma linha para fazer a ligação entre os bairros Morro do Meio, Nova Brasília e Vila Nova se estendendo até a Univille. A reivindicação foi justificada pela quantidade de pessoas que se desloca para a universidade e o acesso pela Rodovia do Arroz seria um facilitador. De acordo com o representante da Seinfra, para viabilizar a linha seria necessária autorização do Estado, uma vez que a Rodovia é Estadual. Acessibilidade nos ônibus, quantidade de linhas e planejamento dos itinerários foram outros assuntos discutidos na reunião. 
O diretor financeiro da AMARXV, Sérgio Kopch, fez a prestação de contas da associação, demonstrando um resultado positivo de pouco mais de R$ 1 mil em caixa. No final, a vice-presidente Alessandra Schaldag anunciou o processo eleitoral na associação, previsto para junho de 2012. A foto é de Adilson Girardi.

Nenhum comentário: