circulando na vila

Bem vindo a este espaço, que se propõe divulgar as principais notícias do Vila Nova e região. Participe, com sugestões, ideias, fotografias...

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Seinfra diz que Abrigo Animal abre em setembro


Sempre que algum bicho é abandonado nas ruas, adoece ou fica exposto ao perigo, a pergunta vem à tona: quem é o responsável em Joinville? A resposta ainda depende da conclusão das obras da coordenadoria de bem-estar animal, em um terreno do bairro Vila Nova, zona Oeste. A data de inauguração da unidade já foi adiada repetidas vezes. Os primeiros anúncios marcavam o fim das obras para agosto do ano passado. Depois, ficou para junho deste ano. Mas, agora, a Seinfra garante que a obra fica pronta até 5 de setembro. A previsão é de que a unidade consiga abrigar até 70 animais ao mesmo tempo. Só que o destino deles depois do atendimento é incerto. Segundo o presidente da Fundema, Marcos Schoene, a coordenadoria será apenas uma “casa de passagem” dos bichos. Devem ser recolhidos somente animais doentes, feridos e que precisam de atendimento. Quando estiverem saudáveis, serão deixados no mesmo local onde estavam antes do tratamento. Apesar de já ter definido as funções da coordenadoria, Schoene diz que os trabalhos dependem da criação de uma lei específica para as atividades naquele espaço.

Regras para atividades ainda não foram definidas

Resta saber se o regimento ficará pronto antes da conclusão das obras.
— Isso ainda inclui a criação de vagas para quem vai trabalhar lá. A estrutura funcional precisa ser definida, não posso precisar em quanto tempo—, diz.
Já a criação do Centro de Zoonoses, que pode garantir o recolhimento dos cães por tempo indeterminado, continua só no papel. O projeto ainda depende de licença ambiental para ser aprovado. Depois, a Secretaria de Saúde terá de abrir licitação para definir quem fará as obras.
Segundo a assessoria da secretaria, as obras precisam começar este ano para que seja liberada a segunda parcela dos R$ 600 mil garantidos pelo Ministério da Saúde – a primeira parcela, de R$ 200 mil, saiu em abril. Fonte: www.an.com.br 

Nenhum comentário: