circulando na vila

Bem vindo a este espaço, que se propõe divulgar as principais notícias do Vila Nova e região. Participe, com sugestões, ideias, fotografias...

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Caminhão com carga têxtil tomba na SC-413 - Rodovia do Arroz

O motorista de uma carreta que trafegava pela na Estrada Anaburgo (SC-413), perdeu o controle do veículo numa curva e, por pouco, não invadiu uma casa, onde dormia uma família de quatro pessoas. O caminhão tombou em frente à residência e a carga de tecidos ficou espalhada pelo jardim.
O acidente ocorreu por volta das 5h30 desta sexta-feira, no km 14,9 da rodovia, próximo ao acesso à Estrada do Atalho, no bairro Vila Nova.
Apenas o motorista do veículo e o carona, que vinham de São Paulo e se revezavam ao volante, tiveram ferimentos leves. Segundo os bombeiros, somente o condutor, João Luiz de Luna Cardoso, de 47 anos, precisou ser encaminhado ao Hospital Municipal São José para exames mais detalhados, porque queixava-se de fortes dores nas costas. Já para a família Prochnow, dona da casa, este foi mais um susto.
— Não é a primeira vez que acontece um acidente nesta curva, mas felizmente, tivemos apenas pequenos prejuízos materiais —, diz.
— A única avaria foi no telhado, já que antes de colidir contra esse monte de terra, o caminhão derrubou duas palmeiras que caíram sobre a da casa —, complementa o morador Sérgio Prochnow.
De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o acidentente provavelmente foi provocado porque o motorista deveria estar a uma velocidade incompatível com a máxima permitida no trecho — 50 km/hora.
Por volta das 9 horas, a cabine do caminhão foi removida. Mas a PRE aguardava a chegada de outro caminhão, providenciado pela empresa responsável, para que fosse realizado o transbordo da carga téxtil e a retirada da carroceria. Por isso, a PRE alerta para o risco de novos acidentes no local e lembra que furtar cargas é crime. Ainda segundo a PRE, não foram registrados saques. A foto é de Salmo Duarte. Fonte: http://www.an.com.br/

3 comentários:

Girardi disse...

Passei as 7:30 horas no local e vi a cena chocante..

Fabricio disse...

Esta na hora de as autoridades colocar lombadas nesse ponto e na entrada para a estrada anaburgo pois tambem é um ponto critico, em que os veiculos trafegam acima de 80 km/h gerando perigo para os pedestres e ciclistas que trafegam nessa região, os acostamentos nesses pontos são muito estreito e com curva perigosa.
OU SERÁ QUE ESTÃO ESPERANDO MORRER PESSOAS PARA TOMAR ALGUMA ATITUDE!!!

elpidiozim disse...

A Associação de Moradores do Alto da Rua XV e o Coselho de Segurança, em suas próximas reuniões devem elaborar um documento solicitando providências urgentes para o problema, caso contrário as consequências poderãos ser desatrosas naquele local. Existe apenas uma placa regulamentar de velocidade, indicando 50km/h, naquele trecho da Rodovia a cem metros do local do acidente, que a maioria dos motoristas não respeitam por entenderem estar numa Via Expressa. O trecho entre a Rua XV de Novembro e a Estrada do Atalho (referência do acidente) não deve ser considerado como SC413, e sim como Rua Júlio Stolf, com velocidade máxima de 40 a 50km/h, sendo permitida a conversão à esquerda, sem necessidade de se sair da pista, idêntico a qualquer rua principal ou secundária de uma localidade. Da forma que está poderemos com certeza, ter acidentes de graves proporções. Elpidio Zimmermann